Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Segurança do Maranhão é reforçada com mais 50 viaturas e ações do ‘Pacto Pela Paz’

Os veículos serão distribuídos nos Batalhões da PM na Região Metropolitana de São Luís, sendo 38 do modelo Dusters; e 12 modelos Pajero, com sistema de radiocomunicação

Os veículos serão distribuídos nos Batalhões da PM na Região Metropolitana de São Luís, sendo 38 do modelo Dusters; e 12 modelos Pajero, com sistema de radiocomunicação

O governador do Maranhão, Flávio Dino, entregou nesta sexta-feira (5), mais 50 viaturas para reforçar a atuação da Polícia Militar do Maranhão. Com a entrega, as forças de segurança contam agora com 81 viaturas novas em circulação, parte do trabalho de reestruturação do sistema de segurança do estado.

“Nossa meta é chegar a 300 viaturas novas, para que possamos qualificar ainda mais aquilo que a sociedade exige, que é a proximidade e a visibilidade das forças de polícia, trazendo a certeza de que a lei deve ser cumprida no nosso estado. Estamos continuando um processo que se inaugurou no primeiro mês do nosso governo, quando anunciamos a recomposição de recursos humanos tanto da Polícia Civil quanto da Polícia Militar, a aquisição de equipamentos de radiocomunicação, de armamentos de uso individual e prosseguimos este ano com a entrega de viaturas”, explicou o governador Flávio Dino.

Os veículos serão distribuídos nos Batalhões da PM na Região Metropolitana de São Luís, sendo 38 do modelo Dusters, com tecnologia embarcada (tablet, câmeras e GPS); e 12 modelos Pajero, com sistema de radiocomunicação.

“No mês passado, recebemos 30 viaturas e já pudemos fazer um policiamento em 17 pontos estratégicos de segurança com esse incremento. Agora, com mais 50, esse é um reforço fundamental do exercício do policiamento diário, durante 24 horas, tanto no entorno da região metropolitana, em que a população sabe que a viatura está ali para pronta intervenção quanto para quaisquer pedidos de socorro”, disse o secretário estadual de Segurança Pública, Jefferson Portela.

Para o comandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Frederico Pereira, a ostensividade das viaturas é perceptível e já oferece mais segurança à população. “Se o cidadão sabe que uma viatura está em determinado local, ele cria uma referência e isso faz com que ele tenha um conforto, porque sabe que, se precisar, ele pessoalmente poderá acionar a polícia com facilidade. As viaturas serão distribuídas nas unidades que têm maior abrangência. Com essas viaturas, além de manter o policiamento que já existe, vamos ampliá-lo”, afirmou o comandante da PM.

Na solenidade, o governador lançou ainda o programa Pacto pela Paz e anunciou a composição da coordenação do programa. O projeto foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Maranhão no final do ano passado e tem como objetivo aliar poder público e sociedade civil no estabelecimento de mecanismos de segurança e direitos humanos.

Como coordenador do pacto, o governador anunciou o delegado Enoque Lemos e, na coordenaria adjunta, quem assume é a delegada Mary Silva. “Escolhemos duas pessoas que se complementam não somente pela paridade de gênero, mas pelos olhares diferentes que eles trazem a partir de suas experiências de vida”, comentou o governador.

O delegado Enoque já atuava na interface com a sociedade civil, com a implementação dos Conselhos Comunitários de Segurança. A partir de agora, esses serão Conselhos Comunitários pela Paz. A coordenadora adjunta Mary Silva, ex-ouvidora da Defensoria Pública Estadual, estava trabalhando na Secretaria estadual de Direitos Humanos.

Segundo o secretário estadual de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, o pacto será coordenado pelo gabinete integrado de gestão de segurança e pelo Conselho Estadual de Direitos Humanos, com uma coordenação executiva.

“O Pacto pela Paz tem como objetivo reduzir a violência no estado do Maranhão e promover uma cultura de paz, de respeito às leis e de respeito aos direitos humanos. Será precedido de um diagnóstico da segurança pública e da violência em nosso estado para a construção de diretrizes de enfrentamento da violência e promoção da cultura de paz. A ideia é envolver amplamente a comunidade nesse esforço de redução da violência, para que se possa não só enfrentar os índices, como também promover novas relações sociais”, declarou Francisco Gonçalves.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Eleições 2020: Pré-candidatos correm para definir pendências partidárias
Prefeitura de Paço do Lumiar disponibiliza call center para marcação de consultas
Extinção de municípios sofre rejeição no Congresso
Ana Léa Coelho, presidente do Sindicato dos Enfermeiros, é denunciada ao MPT
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz