Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz
Notícias
  • Jorge Vieira
  • 7/ago/2020

Pré-candidato Rubens Júnior condena “plantação” de boato na campanha

A campanha ainda nem começou e já estão apelando para a baixaria. Do nada começaram “plantar” uma suposta desistência do pré-candidato do PCdoB, deputado federal Rubens Júnior, algo que jamais existiu ou foi cogitado pela maior aliança de partidos formada para disputar a Prefeitura de São Luís.

Fruto do manifesto de desejo de adversários incomodados, a suposta renúncia acabou se transformando na maior piada da pré-campanha, mas ainda assim mereceu uma ração firme do representante da coligação que reúne cinco legendas e ainda espera contar com o apoio do PT.

Diante da apelação, certamente fruto do desespero, Rubens Júnior recorreu às rede sociais para afirmar que tudo não passou de um blá blá blá, algo parecido com que o fizeram com Flávio Dino quando resolveu concorrer ao governo do Estado, ou seja, plantaram mentiras, porém, não surtiram efeito. Como bem explicou o presidente do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry, a candidatura de Rubens Júnior é pra valer.

  • Jorge Vieira
  • 7/ago/2020

No dia do estudante, UNE realiza Mobilização pela Vida, Democracia e Educação

No dia 11 de agosto (próxima terça-feira), marco do Dia do Estudante e de aniversário da UNE (União Nacional dos Estudantes), que completa 83 anos, um ato virtual irá reunir parlamentares, políticos, juristas, artistas e movimentos sociais na Mobilização Nacional pela Vida, Democracia e Educação.
Construído em conjunto com a UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) e a ANPG (Associação Nacional de Pós Graduandos), as entidades estudantis consideram esse o “Dia do Estudante como nenhum outro até hoje” por marcar a urgência na defesa da vida e a resistência à gestão do governo Bolsonaro diante pandemia da Covid-19, a falta de projeto para educação e a escalada autoritária país.
“O Dia do Estudante vislumbra a superação deste episódio entristecedor da atual história brasileira a partir de um futuro a ser construído com base na valorização incondicional da educação pública brasileira.”, diz trecho do manifesto das entidades lançado junto com o chamado à mobilização do dia 11.
Nas pautas de educação, a UNE ressalta a importância de um Plano Emergencial para conter a evasão nas universidades privadas na pandemia, mais investimento nas universidades públicas e na pós-graduação, para combater os efeitos sociais, na saúde e econômicos da pandemia.
Entre as presenças previamente confirmados: Ciro Gomes; Manuela D´Avila; o governador do Maranhão, Flavio Dino; Douglas Belchior; Felipe Santa Cruz presidente da OAB;João Pedro Stédile ( MST); Alessandra Pellanda (Campanha Nacional pelo Direito à Educação); Juca Kfouri; os juristas Sepúlveda Pertence e Aldo Arantes e como atrações culturais os cantores Gilberto Gil e Zeca Baleiro, o vocalista da banda Baiana System, Russo Passapusso.
Íntegra do Manifesto das entidades estudantis: https://bit.ly/ManifestoDiadoEstudante

  • Jorge Vieira
  • 7/ago/2020

Madeira diz que pretende construir um novo ambiente de pacificação das lideranças políticas do Estado

Esta semana o pré-candidato do Solidariedade a prefeito de São Luís, ex-juiz federal Carlos Madeira, teve um encontro com a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), acompanhado do secretário de Segurança do Estado Jefferson Portela, um dos apoiadores de sua candidatura, e logo surgiram as especulações sobre uma possível aproximação entre os dois partidos visando a sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Em conversa com o titular deste blog nesta manhã de sexta-feira (7), Madeira observou que, embora gostasse de ter o MDB em seu palanque, a conversa com a ex-governadora teve outra finalidade: construir um ambiente de pacificação entre as diversas lideranças políticas do Estado que se encontram em lados opostos.

“Nossa conversa foi apenas para registrar nossa intenção em construir um ambiente de pacificação entre lideranças que estão em campos opostos, por conta desse Novo Normal. Estou defendendo que o Novo Normal seja trazido para a política e, assim, possamos construir novos pactos, novas alianças em favor da administração da cidade”, defende o representante do Solidariedade.

O blog questionou se existe alguma possibilidade do MDB apoiar sua candidatura e Madeira respondeu que “não houve nenhum avanço” e que não há perspectiva de aliança com outro partido. “O arco está praticamente fechado. Estou trabalhando com a possibilidade, infelizmente, de seguirmos sozinhos”.

Tempo de televisão – Ao ser questionado se o pouco tempo que terá no horário da propaganda eleitoral no rádio e televisão por conta da falta de aliança não poderá ser prejudicial à candidatura, o ex-juiz federal observou: “O tempo de televisão tem a sua devida importância numa campanha eleitoral. Não se pode negar isso. A TV tem grande audiência e ainda influencia muito no processo eleitoral, mas não podemos dizer que seja um fator determinante na decisão soberana do eleitor”.

Madeira destaca ainda que há casos emblemáticos recentes que justificam o que ele argumenta. “Hoje a comunicação digital tem um peso enorme nas eleições. E neste pleito de 2020, em especial, em decorrência do distanciamento social, as redes digitais serão ainda mais impactantes nas eleições municipais”.

Para o candidato do SDD “a TV tem um tempo de preparação, de confecção de programa, de edição de falas, ou seja, às vezes se perde muito tempo para se dizer algo que nem sempre soa verossímil ao cidadão comum, porque a informação chega editada, maquiada. Já nas redes sociais, no WhatsApp, a informação é quase em tempo real, instantânea e espontânea”.

Segundo Carlos Madeira, o programa eleitoral na TV pode até ditar o ritmo da campanha, mas não chancela a vitória de um candidato. “Há casos em que o tempo de TV em excesso é um problema, e não uma vantagem. Na televisão, assim como nas plataformas digitais, você deve dizer o necessário, de maneira que o eleitor assimile como verdadeira a sua mensagem”.

  • Jorge Vieira
  • 6/ago/2020

Márcio Jerry defende reforma tributária “justa, solidária e sustentável”

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) defendeu, nesta quinta-feira (6), uma reforma tributária que seja mais “justa e solidária”, em substituição ao modelo vigente, que taxa os mais pobres e isenta grandes fortunas. Em 2019, as bancadas do PCdoB, PT, PSOL, PDT, PSB e Rede já haviam apresentado uma proposta sobre o assunto ao país e pretendem, neste ano, levar o debate adiante no Congresso Nacional.

“Nós defendemos uma reforma tributária justa, solidária e sustentável. O objetivo é taxar bens de luxo, grandes fortunas, cobrar imposto sobre grande-heranças, como acontece em países como os Estados Unidos, por exemplo. É preciso taxar o patrimônio dos super-ricos, não bens de consumo”, definiu o parlamentar.

A comissão especial mista encarregada de analisar as propostas reuniu-se nesta semana, pela primeira vez desde que o Congresso recebeu um projeto do governo federal. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), já declararam que pretendem aprovar a medida até o fim deste ano.

  • Jorge Vieira
  • 6/ago/2020

“Bolsonaro deseja esmagamento dos mais pobres e da classe média”, diz Flávio Dino  

O governador Flávio Dino, do Maranhão, disse que a reforma tributária proposta pelo Governo Federal “deseja manter intocada rendas e privilégios do capital, em detrimento da renda do trabalho”.

“O caminho que Bolsonaro deseja é de esmagamento dos menos que tem e abrangendo perdas para a classe média. Precisamos nos contrapor, não apenas numa luta de resistência, mas no debate programático. Ter propostas alternativas capazes de ampliar energia cívica”, completou.

A declaração foi dada em evento virtual que lançou oito propostas para aumentar a arrecadação da União a partir da tributação sobre renda e patrimônio de super-ricos. Até agora, as propostas de reforma tributária do governo federal reestruturam a tributação sobre consumo, o que atinge todas as classes e contribui para a manutenção da desigualdade social.
“Temos um sistema tributário altamente regressivo, portanto co-autor e perpetuador de desigualdades estruturais do Brasil. Estamos desafiados pela crise sanitária que reforça essas marcas deletérias da formação histórica do Brasil, da concentração de patrimônio e riqueza na mão de poucos”, afirmou o governador Flávio Dino.

Organizada pelos Auditores Fiscais pela Democracia (AFD), Anfip, Fenafisco, Instituto Justiça Fiscal (IJF) e as delegacias sindicais do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco Nacional), , as propostas do “Tributar os super-ricos para reconstruir o País” aumentam a arrecadação de União, Estados e municípios em R$ 292 bilhões, sendo R$ 158 bilhões a partir da reestruturação da tabela do Imposto de Renda.

Na visão dos auditores, a crise econômica gerada pela pandemia escancarou a discussão sobre tributação no Brasil e no mundo. O país enfrenta aumento de gastos públicos, e a diminuição da arrecadação, com a baixa generalizada de consumo e retração econômica. Com o modelo proposto, 600 mil contribuintes super-ricos seriam mais taxados, o que representa apenas 0,3% da população brasileira.

Detalhamento – A proposta dos auditores corrige distorção do Imposto de Renda, com tabela mais progressiva, desonerando as faixas salariais mais baixas. No cálculo, seria possível arrecadar R$ 158 bilhões por ano.

Completam o leque de propostas a implementação do Imposto sobre Grandes Fortunas (R$ 40 bilhões), ampliação da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido do setor bancário e extrativo (R$ 40,5 bilhões), criação da Contribuição Social sobre Altas Rendas (R$35 bilhões), mudança nas regras do Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação ITCMD (R$14 bilhões), novas regras de repartição com Estados e municípios, medidas de revisão dos benefícios fiscais e de combate à sonegação fiscal e desoneração do Simples.

  • Jorge Vieira
  • 6/ago/2020

Hospital de Campanha em Santa Inês será transformado em Policlínica após pleito de Othelino e Felipe dos Pneus

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), e o deputado Felipe dos Pneus (Republicanos), em reunião hoje com o secretário de Estado da Saúde (SES), Carlos Lula, receberam a confirmação de que o Hospital de Campanha montado em Santa Inês para o atendimento de pacientes da Covid-19 será transformado em Policlínica. O pedido foi feito pelo chefe do Parlamento maranhense ao governador Flávio Dino, reforçando a demanda apresentada pelo deputado Felipe.

O Hospital de Campanha foi instalado em Santa Inês no dia 2 de junho e teve as atividades encerradas no dia 31 julho. A estrutura será adaptada para receber a Policlínica, com previsão de entrega no mês de setembro. A unidade funcionará de forma complementar aos serviços ofertados pelo Hospital Macrorregional “Dr. Tomás Martins”.

Othelino afirmou que esse é, certamente, um momento marcante para a população de Santa Inês, além de ser uma conquista que beneficiará, também, as cidades vizinhas. “Agradeço ao governador Flávio Dino e ao secretário Carlos Lula por terem atendido a essa demanda da população, que chegou através do deputado Felipe dos Pneus, que vem utilizando o seu mandato para levar benefícios para a cidade. É mais um avanço na saúde pública do Maranhão, em especial, da querida cidade de Santa Inês”, destacou.

Benefícios

Com o modelo de policlínicas, os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) são beneficiados com diversas especialidades, como Neurologia, Cardiologia, Otorrinolaringologia, Endocrinologia, Ortopedia, Clínica Geral, Pediatria, Ginecologia, entre outras. O deputado Felipe dos Pneus ressaltou que esse era um anseio antigo da população de Santa Inês.

“Quero agradecer ao governador Flávio Dino, ao secretário Carlos Lula e ao presidente Othelino, por sempre ser atencioso com as nossas demandas da cidade de Santa Inês. Em nome do município, agradecemos essa estrutura, que é um anseio muito antigo da nossa cidade e, com certeza, beneficiará toda a região”, completou Felipe dos Pneus.

O secretário Carlos Lula assinalou que as policlínicas são locais de referência em atendimento ambulatorial, além da realização de consultas e exames, em diversas especialidades, gratuitamente. O titular da SES disse, ainda, que, a partir do pleito apresentado pelo deputado Felipe dos Pneus na sessão plenária da semana passada, o presidente Othelino Neto entrou em contato com o governador Flávio Dino para viabilizar a melhor forma de atender às necessidades da região.

“Foi uma demanda atendida a partir de um diálogo importantíssimo. Após o pronunciamento do  deputado Felipe dos Pneus, de imediato tivemos a ligação do deputado Othelino, pedindo que víssemos as condições desse pleito ser atendido. Agora, a cidade de Santa Inês passa a ter mais um serviço de saúde, concretizando um sonho da população e, mais do que isso, permitindo o acesso à saúde com mais qualidade”, concluiu.

  • Jorge Vieira
  • 6/ago/2020

Candidatos divergem sobre a importância do Tempo de TV na campanha

Em tempos de pandemia do novo coronavírus onde os candidatos devem seguir as orientações das autoridades sanitárias para evitar aglomerações, o tradicional corpo a corpo e manter o distanciamento social, o tempo de rádio e televisão pode fazer a diferença na eleição para prefeito de São Luís?

Para responder essa pergunta, o blog conversou, via Whats App, com três candidatos, sendo dois que vão disputar o pleito sem coligação e um que conseguiu formar a maior aliança para o pleito de 15 de novembro. O tempo que cada postulante terá na mídia eletrônica é proporcional a representação dos partidos na Câmara Federal.

Para o deputado estadual Yglésio Moisés (PROS), que não conseguiu compor aliança e vai para a eleição apenas contando com a força do seu partido, o horário eleitoral é apenas uma das formas de manter contato com os eleitores, mas lembra que existem exemplo de campanha exitosas feitas através das rede sociais e que vai ser novamente muito muito explorada nesta eleição municipal.

“O fundamental para o próximo prefeito de São Luís é entender, ouvir a população e conseguir conversar com o eleitorado. A televisão é uma forma de estabelecer esse contato, mas a rede social tem mostrado por todo o Brasil, principalmente nas capitais, exemplos exitosos de campanhas vencedoras. O eleitorado vai escolher quem estiver mais capacitado! Vamos nos comunicar diretamente com o eleitor e mostrar nossas propostas para fazer uma São Luís melhor”, observa Yglésio.

Pré-candidato pela Rede Sustentabilidade que pela primeira vez vai se submeter aos crivo das urnas, o comunicador Jeisael Marx minimiza a questão e lembra que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) conseguiu se eleger tendo um tempo insignificante para fazer sua propaganda eleitoral na televisão. Na avaliação do representante da REDE as mídias alternativas certamente serão o ponto de equilíbrio da campanha e deverão ser bastante utilizadas.

“Fundamental mesmo é a vontade do povo. Bolsonaro foi eleito com 8s de tempo de televisão no programa eleitoral.  O próprio Braide não tinha muito tempo de TV e surpreendeu em 2016. Nós trabalharemos meios alternativos para nos comunicar com as pessoas e mostrar a elas que somos a melhor opção para São Luís. Não apenas por ter um plano de gestão que moderniza a estrutura administrativa da cidade, mas também por sermos a única candidatura fora da cultura política atual que perpetua filhos, netos, esposas e apadrinhados no poder”, defende Jeisael.

Ao contrário de Yglésio e Jeisael, o pré-candidato que vai conseguir reunir em seu palanque seis partidos (PCdoB, PT, Cidadania, PP, PMB e Democracia Cristã) e terá um dos maiores tempos para fazer sua campanha através de telinha, Rubens Júnior acredita que o tempo de televisão será fundamental e fará a diferenças neste pleito justamente por conta da pandemia que vai reduzir o contato direto com o eleitor. Para Rubens Jr. O horário eleitoral será fundamental na campanha.

“O tempo que os candidatos terão para defender suas propostas vai fazer muita diferença. A eleição terá menos corpo a corpo. Além de ser um veículo para divulgação de propostas, que deve ser a principal finalidade da campanha”, observa o candidato do PCdoB.

1 2 3 4 5 2.090

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Pesquisa do Ibope mostra que a eleição em São Luís continua completamente aberta
Com a proximidade das convenções, as atenções agora é para o vice
Rubens propõe Escolas de Tempo Integral para São Luís
Assembleia aprova MP do Executivo que anistia multas e juros de débitos do IPVA
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz