Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Professores estão vivendo de doações em Imperatriz, denuncia Domingos Dutra

Preocupado com a educação das crianças e
adolescentes de Imperatriz que podem perder o ano letivo, o deputado federal
Domingos Dutra (SD/MA), se reuniu na manhã de hoje (9/7), com os professores em
greve a mais de 70 dias, para fazer, pela terceira vez um apelo ao prefeito
Sebastião Madeira com objetivo de solucionar o problema que afeta os imperatrizenses e a dignidade dos proferes.

“É o
terceiro apelo que faço ao Prefeito Sebastião Madeira. O primeiro apelo eu fiz
quando estive em Imperatriz, no começo do movimento grevista. Conversei
pessoalmente com ele solicitando que reabrisse as negociações e dialogasse com
os professores para que pudesse por fim à greve. Depois fiz um apelo desta tribuna
e agora, em nome das crianças e dos adolescentes de Imperatriz, sob pena de se
perder o período letivo, venho novamente pedir ao Prefeito que ouça a categoria
e reabra as negociações”, disparou Dutra em discurso proferido da tribuna da
Câmara dos Deputados, em Brasília.
A greve dos professores começou no mês de maio. A principal exigência é
a campanha salarial de 2014, um vale tíquete de alimentação de R$ 230 e o plano
de carreira, que está há mais de 10 anos desatualizado.
“Os
professores da rede pública municipal estão, há mais de 2 meses, em greve,
reivindicando um aumento salarial, uma reposição salarial, para corrigir o que
a inflação corroeu, de 18%. O Prefeito da cidade, deu a resposta de 0%. A
categoria está reivindicando um aumento no ticket refeição de 50 reais — de 180
reais, para 230 reais. E Sebastião Madeira também deu zero como resposta”,
explicou o parlamentar.
De acordo
com Domingos Dutra, como retaliação ao movimento grevista, o prefeito mandou
cortar o salário dos professores, que estão vivendo a base de doações. “Como
retaliação ao movimento grevista, simplesmente mandou cortar o salário de todos
os professores de Imperatriz, que agora estão fazendo campanha por donativos,
estão pedindo à população de Imperatriz comida, recurso para se alimentar.
Colocaram uma banca para recolher doações em frente à Prefeitura, em frente à
Secretaria de Educação e uma terceira banca em frente ao sindicato da
categoria. É uma situação humilhante, professores pedindo comida, pedindo
arrego, pedindo esmola para a população de Imperatriz para poderem se manter,
sobreviver e ter a perspectiva do seu movimento grevista!”, se indignou.
O
parlamentar concorda e apoia a greve, pois segundo ele, só assim será possível
chamar a atenção do governo e reverter a situação da educação no município.
“Parabéns aos professores de Imperatriz. A democracia comporta a greve que é
justa, é legítima, é necessária. Se a educação é prioridade, como dizem todos
os governantes, a prioridade tem que ser provada e concretizada com condições
salariais dignas, condições de trabalho decentes para que os professores possam
exercer as suas atividades”, concluiu o deputado que esteve reunido com a
categoria na manhã de hoje, no Sindicato dos Trabalhadores de Imperatriz. 

1 Comentário

  1. Aqui não tem professores passando fome, isso não é verdade, tem professor se negando a trabalhar…

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Flávio Dino entrega Sagrima ao PT e se afasta de Josimar de Maranhãozinho
Reportagem do UOL destaca Edivaldo Holanda Junior como um dos principais nomes à sucessão estadual no Maranhão em 2022
Maranhão perderá R$ 740 milhões por ano com mudança do ICMS sobre combustíveis
Edivaldo Holanda Junior visita lideranças do Baixo Parnaíba
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz