Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Prioridade no PT é eleger Lula; protagonismo nos estados nem tanto

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Augusto Lobato, seguindo orientação da direção nacional tem advertido que a prioridade do PT para as eleições de 2022 é eleger Lula presidente e formação de uma grande bancada federal que permita ao ex-presidente, caso seja eleito, administrar o país sem maiores problemas.

Existe uma determinação da cúpula nacional para que seja dada prioridade à disputa presidencial e à formação de uma bancada robusta na Câmara dos Deputados. Para isso, os petistas devem ceder espaço nos Estados para outras candidaturas. E neste cenário, pode sobrar para o secretário de Educação, Felipe Camarão, lançado recentemente por um grupo de petistas.

Como a prioridade é Lula e as perspectivas de montagem de uma palanque no Maranhão liderado pelo governador Flávio Dino (PSB)  é real, Camarão poderá ser convencido a voltar ao projeto original de disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados e ajudar o partido  aumentar a bancada.

Jovem carismático e muito comunicativo, Camarão foi lançado pré-candidato por um grupo de dirigentes do PT e tem tido uma desenvoltura além das expectativas. A confirmação de sua candidatura, no entanto, ainda vai depender dá tática eleitoral a ser definida no encontro estadual, com previsão para marco ou abril de ano que vem.

A candidatura terá que cumprir etapas: o encontro do PT decide se o partido disputará a eleição com candidato próprio ou se apoia o representante de outra legenda. Caso vença a proposta de candidatura própria, Felipe deverá ser oficializado. Essa decisão, no entanto, precisa ser referendada pela executiva nacional, que tem como prioridade Lula e ainda não se posicionou sobre alianças nos estados.

O projeto político do  secretário para 2022, lançado como alternativa no debate interno no grupo do governador, ganhou força e argumento para convencer a direção nacional que candidatura própria é a melhor opção no Maranhão? Resta saber o que pensa os dirigentes nacionais do PT, que tem no governador Flávio Dino um grande aliado e que, ao que tudo indica, deve se posicionar pelo apoio à candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

Pesquisa Escutec: Edivaldo se mantém em segundo na disputa para o governo
Partidos começam esvaziar pré-candidatura de Weverton; Cidadania puxa a fila
Presidente do PT garante pré-candidatura de Camarão até o encontro estadual
Brandão se consolida como candidato do grupo; próxima reunião será apenas para conferir quem fica
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz