Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Maranhão vive momento histórico com renúncia de Roseana

Roseana
Sarney (PMDB) renuncia, hoje, ao mandato de governadora do Maranhão e passará o
comando do Estado para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo
Melo, que ficará interinamente no cargo até o dia 31 de dezembro.

A carta renúncia será
entregue a Arnaldo Melo por volta das 8h, no Palácio dos Leões, e será levada por
ele ao plenário onde será lida em sessão extraordinária a ser realizada às 9h, antes
da sessão normal.

Segundo informou o
vice-presidente da Casa, deputado Max Barros, será cumprido apenas o que
determina a lei em caso de vacância do cargo de governador.

“Vamos cumprir apenas
o rito regimental. A partir do momento que for lida a carta de renúncia, a
Constituição manda assumir o presidente da Assembleia e é isso que vamos fazer
hoje”, observou Max Barros.

O presidente interino
da Assembleia é quem dará posse a Flávio Dino, enquanto a Arnaldo Melo caberá a
transferência da faixa governamental, no Palácio dos Leões. Após cumprir o
protocolo, Arnaldo volta para a presidência da Assembleia Legislativa para
cumprir o restante do mandato que expira diz 31 de janeiro de 2015.

A governadora que
está encerrando seu quarto mandato deverá passar uns dias em São Luís, na casa
do Calhau, e somente deverá embarcar para a Flórida (USA) dias antes do Natal.  

Roseana se despede do
governo em meio uma rigorosa investigação da Polícia Federal sobre o escândalo
de corrupção na Petrobras e com seu nome citado em delação premiada como
beneficiária do esquema que sangrou os cofres da estatal do petróleo.

Na última
quinta-feira, ao inaugurar a Avenida Quarto Centenário, mesmo com a insistência
dos jornalistas para que ela se manifestasse sobre o escândalo da Petrobras e sobre
a citação do seu nome, ela se recusou a falar sobre o assunto: “Não quero saber
disso”, foi a resposta às indagações se temia ser presa após deixar o mandato.   

Roseana
encerra hoje um ciclo de poder, que já dura cinquenta anos, deixando como
herança o caos generalizado e uma série de obras inacabadas, a exemplo das duas
avenidas inauguradas. Mas no rol de obras não concluídas há ainda a duplicação
do sistema Italuís – sob suspeita de irregularidades investigadas pela Polícia
Federal, na Operação Lava Jato –, 40 hospitais inconclusos no meio do nada,
escolas de tempo integral – a governadora entregou na semana passada, fim de
ano letivo, a primeira e única no antigo Colégio Maristas.

Outro
legado deixado por Roseana é o sucateamento do Sistema de Segurança do Estado.
Por conta do abandono a que foi relegado nos últimos dois governos de Roseana,
o Estado, hoje, bate recorde de assassinatos no país. Segundo o ex-secretário
de Segurança, deputado Raimundo Cutrim, o Maranhão vive hoje clima de guerra de
civil.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

Roberto Rocha virou sócio das maluquices de Bolsonaro e aliado do coronavírus
Mesmo país, realidades distintas: MA paga adiantado servidores, MG sem previsão 
Deputado Zé Inácio entra na disputa pela prefeitura de São Luís
Adjunto de Rubens Júnior, Raimundo Reis é nomeado secretário da Secid
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz