Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Governo do Maranhão irá colaborar com mais 60 escolas comunitárias

O governador Flávio Dino assinou nesta quinta-feira (23) um acordo de cooperação entre o governo estadual e diversas instituições sem fins lucrativos localizadas da região metropolitana de São Luís. Na prática, 60 escolas comunitárias receberão ajuda da Secretaria de Educação (Seduc), como melhorias estruturais e o pagamento de contas de água e energia, sendo que outras 77 já são beneficiadas com uma ação semelhante.

De acordo com o secretário Felipe Camarão (Seduc), a ideia da parceria surgiu a partir de necessidade das escolas comunitárias da capital maranhense, que não pararam de funcionar durante a pandemia.

“Pra que vocês tenham uma ideia, das 150 escolas municipais, apenas 12 estão funcionando. E, no entanto, todas as escolas comunitárias estão com as portas abertas para seus estudantes. A prefeitura, por outro lado, não está pagando, não está fazendo repasse financeiro mensal pra manter essas instituições. E os diretores foram nos procurar, procuraram a mim, procuraram o governador Flávio Dino para pedir ajuda. E foi nesse sentido que nós firmamos parceria, acordos dentro da lei, convênios para ajudar as escolas comunitária de São Luís”, explicou o secretário.

Segundo ele, a intenção é que o governo estadual arque com os custos de energia e água para que as instituições tenham mais recursos para investir na aprendizagem dos estudantes. “Com esse convênio nós chegamos a mais de 120 escolas comunitárias de São Luís. O Governo do Estado, que não tem essa atribuição primordial de ajudar as escolas comunitárias, que são da educação infantil e do ensino fundamental, está ajudando para fortalecer a educação digna da população ludovicense”, completou.

A cooperação tem vigência de 12 meses, podendo ser prorrogado no final do período. O termo possibilita ainda a oferta de curso de Formação em Tecnologias Digitais Aplicadas à Educação para professores e gestores das escolas comunitárias, em aulas ao vivo.

A primeira turma formada neste curso, que teve duração de um mês e meio, estudou ferramentas como Google, como Gmail, Drive, Meet, Keep, planilhas, documentos e apresentações. Houve ainda um módulo dedicado a ferramentas de comunicação, como Instagram e Canva.

O objetivo foi apresentar aos educadores ferramentas que funcionam como dispositivos facilitadores de tarefas do dia a dia, para organizar, planejar e comunicar ações das escolas de uma maneira prática e assertiva. Os formadores eram professores da rede estadual do Maranhão, vinculados ao programa Ensina Brasil, instituição que busca desenvolver lideranças na educação brasileira.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

"As portas do PSB estão abertas para Brandão", diz deputado Bira
Consolidação da aliança nacional PT/PSB sepulta esperança de Weverton Rocha
"Quero trabalhar pelo Maranhão da mesma forma que trabalhei por São Luís", diz Edivaldo
Weverton tenta se fazer de vítima ao perder “queda de braço” para Brandão
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz