Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Está faltando autoridade

Editorial – Jornal Pequeno
Não tem como não dizer isso. O povo de São Luís começa a sentir um vácuo de
autoridade no Maranhão. É inexplicável que a vontade de dois sindicatos, um
deles patronal, em total afronta às leis e às determinações da Justiça, sobreponham-se
aos direitos constitucionais e regulares de mais de um milhão de maranhenses
que residem em São Luís.
A paralisação total da frota de ônibus da cidade, o que jamais aconteceria sem
o resguardo do Sindicato das Empresas de Transportes, durando já três dias, é
um acinte, uma agressão contra a sociedade. Esse movimento visivelmente desafia
as autoridades constituídas e se transforma, por sua natureza reivindicatória
disparatada, como um aumento abusivo de passagens e o pagamento de R$ 4 milhões
aos empresários, num movimento de coação à sociedade e de desrespeito às
instituições públicas.
A determinação do Tribunal Regional do Trabalho, de manutenção de 70 %da frota
de ônibus nas ruas, é simplesmente ignorada e as multas diárias aplicadas,
somente ao sindicato dos motoristas, o que é um erro, não surtem qualquer
efeito. Em outras cidades a força pública chegou a ser usada para liberar o
transporte coletivo e em quase todas elas, as greves, findaram sem acordos
absurdos. O que acontece em São Luís beira à chantagem, e podem apostar que se
trata também de chantagem política pela ocorrência de um ano eleitoral.
A sociedade não pode ficar exposta à ilegalidade dessa maneira. Principalmente
se essa ilegalidade não tem objetivos sociais e serve tão-somente aos interesses
de sindicatos e interesses particulares. São Luís está sitiada. A população foi
confinada em casa ou ao caminho inútil entre asuacasa e uma parada de ônibus
mais inútil ainda.
O comércio, a indústria, a economia do Estado estão tendo prejuízos incalculáveis,
e mais de 1 milhão de habitantes estão sem acesso a qualquer serviço público.
Inclusive segurança, inclusive hospitais. O deputado Othelino Neto disse,
ontem, com todas as letras, que os empresários são os responsáveis por essa
greve de rodoviários. Vai ver, se fossem só os trabalhadores a polícia já
estaria nas ruas e líderes sindicais já estariam na prisão.
Já é hora da Prefeitura de São Luís reivindicar a força pública para manter a
ordem; já é hora do Ministério Público mover ação penal contra os responsáveis
por essa baderna, essa imoralidade; já é hora da Justiça se fazer respeitar em
São Luís, por bem ou por mal. Ou alguém está achando que isso aqui é o fim do
mundo e que existem castas privilegiadas imunes ao que determinam as leis.
Está faltando autoridade. Por conta dessa chantagem até o “Bonde dos 40” já se
sente autorizado a fazer ameaças públicas à sociedade e cita a paralisação dos
meios de transporte.

Quem não pode com o pote não pega na rodilha. Mandem parar isso ou desvistam
suas togas, suas fardas, seus ternos de autoridade e de representantes do povo.
O nome disse é coação moral irresistível e não greve.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

 Sinproesema declara apoio para o candidato a deputado federal Eliel Gama 
Edivaldo mantém extensa agenda em São Luís e segue cada vez mais forte na disputa para governo
Duarte Jr: “Eu apoio 65111 Professora Cássia”
Pesquisa IPEC/TV Mirante volta apontar liderança folgada de Brandão; governador tem 41% contra 20% de Weverton
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz