Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Espetáculo de civismo

Editorial – Jornal Pequeno

Sendo esta, hoje, uma
impossibilidade científica e matemática, mesmo que viesse o grupo Sarney, por
força da fraude, do abuso de poder econômico ou outra mistificação qualquer, a
vencer esta eleição, estão conscientes de que o Maranhão não lhes pertence
mais. Aliás, o Maranhão nem sequer mais é sua terra de origem e nascimento.
Nunca mais haverá clima para que governem esta terra.

As tropas federais estão
chegando para garantir que as eleições aconteçam sem crimes e sem bandidos
soltos nas ruas; a Procuradoria Geral da República assumiu a responsabilidade
da investigação de um vídeo criminoso produzido sob custódia do “Bonde dos 40”;
a Secretaria da Segurança Pública desconhece o vídeo criminoso dos criminosos,
a Associação dos Magistrados, que reúne juízes de todo o Maranhão, dispara sua
indignação contra “a divulgação de calúnias, notícias inverídicas e vídeos que
patrocinam o terror eleitoral no Estado”.

A Ordem dos Advogados do
Brasil, em níveis nacional e local, prepara-se para fiscalizar as eleições e as
organizações da sociedade civil, apavoradas, constrangidas e humilhadas,
lamentam a corrupção, a ingerência administrativa e a violência que rondam o
Estado e ameaçam a democracia.

É correto pensar que o
poder civil estiolou-se no Maranhão, e nem a tentativa de implantar aqui um
estado policial nos últimos dias que antecedem o 5 de outubro jamais daria
certo, porque as polícias também não gostam deles.  

Nós assistimos ao horror
das cabeças decepadas, às crianças queimando em praça pública, aos ônibus e
carros particulares incinerando e ao espetáculo triste de um povo aterrorizado
com medo de sair de casa e de voltar para casa também.

A cidade de São Luís
sobrevive conflagrada por um poder político sem qualquer aliança com o povo,
apenas com a vontade de ser poder. Por último, descobrimos que os assassinos
mais violentos tiravam férias remuneradas para “passear” (leia-se roubar e
matar) ao lado dos cidadãos de bem.

Ao extremo de todas as
insanidades, tentam, agora, usar a sanha assassina do mais vil rebotalho das
sociedades humanas para reverter uma realidade eleitoral. E não se envergonham
disso. Os cofres cheios, os bilhões sumidos, o patrimônio do povo enterrado em
paraísos fiscais não lhes satisfazem mais a ganância. Querem se vingar do povo.
Querem que o povo sofra pela máxima culpa de exigir a alternância de poder
natural em todos os espaços sociais do mundo.

Mas não teriam mais com
quem governar. Porque estão agredindo a própria História e o povo maranhense,
no mais singular espetáculo de civismo, está conseguindo sobreviver, com
determinação e coragem, a toda essa tirania e humilhação.

 

 

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Buscar

Mais Lidas

PT articula para ter a ex-presidente Dilma suplente de Flávio Dino no Senado
Grupo de WhatsApp "Roseana Governadora 2022" sugere que a filha de Sarney será candidata
PT e PSB cada vez mais próximos; encontro de Dino, Lula e Gleisi avaliou cenários
Rubens Júnior: "Não sou poste do governador Flávio Dino"
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz