Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Deputado irresponsável: A verdade sobre os 117 mil testes rápidos do Maranhão

Uma polêmica em relação a testes rápidos enviados pelo governo Federal tomou conta das redes sociais desde ontem. Catapultada pelo deputado Wellington do Curso, que ocupa seu tempo durante a pandemia apenas para tentar macular a imagem do governador Flávio Dino, a pauta vem sendo bastante abordada em grupos de WhatsApp, sobretudo.

Os 117 mil testes que Wellington do Curso imputa somente ao governo do Estado é uma inverdade, já que eles foram partilhados com os municípios maranhenses, por meio de parceria com a Federação dos Municípios do Maranhão (Famem). Portanto, eles estão ajudando na identificação de casos em todas as regiões do estado.

Destes 117 mil, 59.700 foram entregues no mês passado e 57.720 chegaram essa semana a São Luís, e já estão sendo distribuídos para vários outros municípios maranhenses.

A recomendação do próprio Ministério da Saúde é de que esses testes sejam usados, prioritariamente, para profissionais da saúde e da segurança. Está sendo assim em todos os estados brasileiros, sobretudo pela escassez mundial que existe desses testes.

A diferença entre o número de testes entregues e o número de testes aplicados, segundo o boletim da Secretaria de Saúde (SES), tem razão de ser, já que é de responsabilidade dos municípios lançá-los no sistema do Ministério da Saúde, fato que não está ocorrendo a contento e, por isso, a informação não está constando no boletim diário da SES.

Só para se ter ideia da situação nacional, no mesmo site do Ministério que Wellington do Curso propaga, São Paulo recebeu quase um milhão de testes, e ainda não utilizou nem metade. E essa lógica segue em todos os estados brasileiros. Os testes rápidos estão sendo feitos gradativamente, em todo o país.

Querer usar esse número para fazer politicagem é mais um jogo sujo do deputado Wellington do Curso. O Maranhão segue entre os primeiros no ranking de transparência no combate ao coronavírus. A hora agora é de união e compaixão, de respeito às famílias dos mortos por essa doença que se alastra perigosamente no Brasil.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Buscar

Mais Lidas

Márcio Jerry é o nome do PCdoB para vice na chapa apoiada por Flávio Dino em 2022
Bloco Parlamentar Democrático pode ser embrião da pré-candidatura de Brandão no legislativo estadual
Flávio Dino: “Condução do governo Bolsonaro na pandemia é coerente. Desastrosa do início até hoje”
Pedro Lucas perde o comando do PTB no estado para Mical Damasceno e pode enfrentar problema para sair
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz