Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

A Rádio Timbira e a rede de intrigas

Flávio Dino vai reestruturar sistema público de comunicação
Na entrevista concedida ao site Diário do Centro do Mundo, onde afirma a importância de reestruturar o sistema de comunicação pública, o governador eleito Flávio Dino (PCdoB) não fala em nenhum momento em uso político da emissora publica de rádio do Estado.
Após a publicação desta entrevista, setores da imprensa alinhados ao grupo político derrotado na disputa pelo governo do Estado nas ultimas eleições, insistem em “inventar” declarações relacionadas a emissora e que teriam partido tanto de Flávio Dino, quanto de pessoas indicadas por ele para compor a equipe de governo.
Ao ser perguntado na referida entrevista sobre a questão midiática no estado, onde existe uma forte concentração de veículos de comunicação nas mãos de políticos. Flávio Dino afirmou textualmente: “É possível, a partir de uma emissora pública de rádio, melhorar as condições de pluralidade na circulação de ideias na sociedade”. 
Bastou essa observação, relacionada às funções de uma emissora publica de rádio, para a implantação de uma rede de intrigas, marcada por publicações de textos que estão longe de qualquer conteúdo jornalísticos e se assemelham mais a peças de ficção, surgidas em momentos de extremo devaneio.
A rede de intrigas criada em torno do assunto tão relevante  impede a construção de um debate mais aprimorado sobre a importância de uma emissora pública de rádio principalmente em um contexto como o maranhense, onde os tentáculos do patrimonialismo estão encrustados inclusive na área da comunicação.
O caso “Rádio Timbira” sinaliza que a aposta na tática da desinformação e do chamado jornalismo de gabinete, no qual a regra é publicar primeiro e apurar depois, devem  dar a tônica na linha editorial de setores da imprensa maranhense a partir de janeiro de 2015.
Tal situação indica que muitos profissionais de imprensa, acostumados  a navegar na onda do patrimonialismo, ainda não caíram  na real a respeito da nova perspectiva de configuração da politica de comunicação no Estado que a partir de janeiro de 2015 deverá ser pautada nos princípios constitucionais. 
E o que quer dizer politica de comunicação pautada em princípios constitucionais?
É simples assim: Neste contexto, a comunicação é compreendida como um direito de todos os cidadãos, a ser exercido dentro de um ambiente de pluralidade e da consolidação de diversos canais de participação popular.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

A estranha relação do pré-candidato Wellington do Curso com o PSDB
Márcio Jerry sobre teste positivo de Bolsonaro: “Que seja curado da covid-19 e da intolerância”
Plenária Popular Virtual relança movimento de pré-candidatura de Bira a prefeito de São Luís
Bem avaliado, Flávio Dino deve influenciar na eleição para prefeito de São Luís
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz