Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

1º de abril: Bira alenca as maiores mentiras da governadora Roseana nos 14 anos de mandato

O deputado Bira do Pindaré (PSB), em pronunciamento na Assembleia Legislativa,
elencou diversas mentiras proferidas pela Governadora do Estado, Roseana Sarney (PMDB), durante seus
quase 14 anos de mandato.
No entendimento do deputado Bira, o dia 1º de abril
é a perfeita representação dos sucessivos mandatos da Governadora. O
parlamentar lembrou o Polo de Confecção de Rosário, a estrada Paulo Ramos/Arame
e o Projeto Salangô obras prometidas e nunca realizadas.
A Governadora prometeu avanços em todas as áreas da
administração pública estadual. Na saúde ela prometeu entregar 72 hospitais até
dezembro de 2010, até o momento os que foram inaugurados não funcionam, pois
não tem médico, equipamento ou pessoal.
Outra mentira da Governadora foi a prometida
revolução na educação. Se não vejamos, o Maranhão tem as piore notas do ENEM no
nordeste e é o 23º no Brasil, o analfabetismo aumentou e se fossemos um país,
seriamos o segundo pior em matéria de educação do mundo, só perdendo para o
Quirguistão.
Ainda na campanha eleitoral de 1994, a Governadora
prometeu transformar o Maranhão em um tigre asiático, entretanto, a UEMA não
tem sequer os 5% garantidos na Constituição para aplicação em infraestrutura,
logística e desenvolvimento. Na área da infraestrutura, a Governadora prometeu
a chamada “Ponte IV Centenário”, que ligaria o São Francisco a área
Itaqui/Bacanga. A “ponte” simplesmente não saiu do papel e nem sairá.
No que se refere ao desenvolvimento econômico, a
Governadora usou o palanque da Presidente Dilma Rousseff para cometer um
estelionato eleitoral e prometeu a construção da Refinaria Premium até dezembro
de 2013. O deputado Bira destaca que no local das obras só tem capim e unha de
gato.
O Maranhão é o maior exportador de mão-de-obra
escrava do país e nós temos o segundo pior PIB per capita do Brasil. Bira lembrou
a promessa da Governadora na área da segurança pública. A gestora afirmou que
os maranhenses poderiam dormir de portas abertas, e que não haveria mais
bandidos no Maranhão.
“O resultado está aí: o caos em Pedrinhas que ficou
conhecida no mundo inteiro como o inferno, todo mundo viu na TV, a menor
quantidade de policiais por habitante, homicídios que crescem a cada dia e a
polícia em greve sem ter os seus direitos sendo respeitados, aqui no Estado do
Maranhão”, protestou o Deputado.
Bira também levou a tribuna da Assembleia uma
matéria de página inteira paga no Jornal “O Estado do Maranhão”, de propriedade
da família da Governadora, do dia 30 de dezembro de 2012, em que o Governo do
Estado, prometia que até o final de 2013, acabaria com o racionamento de água
em São Luís e todo o cidadão da capital teria água na torneira.
“Isso aqui é uma mentira ou não é? É uma mentira ou
não é? É isso que eu gostaria que fosse contestado. Sinal que isso é uma
verdade, aconteceu, já tem água na torneira de todo cidadão da ilha de São
Luís, quando não é verdade. Esse é um governo Pinóquio e o nariz não para de
crescer”, destacou Bira.
O socialista encerrou seu pronunciamento lembrando
uma das maiores mentiras da história política do Maranhão, o caso “Reis Pacheco”,
criado na campanha eleitoral de 1994 contra o candidato a governador Cafeteira.
“Inventaram um defunto, em uma das maiores mentiras já contada em disputa
eleitoral no estado do Maranhão. Nós não poderíamos terminar de fazer essa
reflexão sem lembrar e registrar esse episódio”, concluiu.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Rádio

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

"Bolsonarismo lidera em São Luís com Braide", destaca mídia nacional
Rubens e Honorato reúnem movimentos sociais para debater propostas para o segmento
Quase metade do eleitorado não aprova apoio de Bolsonaro em São Luís
Deputado levanta suspeita e diz que pesquisa do Ibope foi manipulada
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz