13 de dezembro de 2012

Redação: (98) 98205-4499

13/12/2012 -

Jorge Vieira -

0

Rubens Júnior critica proposta de reajuste das tarifas da Caema

O deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB) afirmou,
na manhã desta quinta-feira (13), que o Governo do Estado pretende implantar um
reajuste de 38% nas tarifas cobradas pela Companhia de Saneamento Ambiental do
Maranhão (Caema). “É um reajuste abusivo, exorbitante, que deverá penalizar
principalmente os consumidores de menor poder aquisitivo”, afirmou o deputado
na tribuna.
“Este reajuste das tarifas da Caema chega agora
como presente de Natal da Excelentíssima Governadora para os maranhenses. E não
se pode aceitar que a Caema, que presta um péssimo serviço a milhares de
maranhenses, venha agora solicitar um reajuste de até 38%. Esta mesma Caema
acaba de deixar mais de 100 bairros de São Luís sem água”, frisou Rubens
Júnior.
Depois de assinalar que a Caema é talvez a pior
concessionária de serviço público do Maranhão, o deputado salientou que, no
momento em que a governadora Roseana Sarney se prepara para endividar o Estado
em mais de R$ 3,8 milhões, a Caema propõe um reajuste de suas tarifas com uma
tabela desproporcional, que onera especialmente os menores consumidores.
“Os maiores consumidores pagarão menos”,
acrescentou Rubens Júnior, “os menores consumidores pagarão mais. O pequeno
consumidor de água, o cidadão que tem duas ou três torneiras em casa, este cidadão,
de acordo com a tabela divulgada pela própria Caema, e isto não é invencionice
da oposição, são dados publicizados na Agência Reguladora de Serviços Públicos
– este consumidor pagará um aumento de 38%. Ou seja, o menor consumidor terá o
maior aumento de 38%”.
Apartes – Os deputados Marcelo Tavares (PSB), Bira
do Pindaré (PT), Eliziane Gama (PPS), Gardênia Castelo (PSDB) e Zé Carlos (PT)
também questionaram a proposta de reajuste das tarifas da Caema. Na condição de
líder da Oposição, Marcelo Tavares afirmou que a administração de Roseana
Sarney age completamente deslocada da realidade do povo do Maranhão.
“A governadora dá este presente de Natal ao povo de
São Luís e ao povo do Maranhão. E o que é pior: quando há algum investimento no
Sistema como, por exemplo, a duplicação do Italuís, a duplicação não, a
substituição da tubulação de São Luís é feita com dinheiro federal, o Estado
não bota 1% que seja. E mais adiante, para justificar esse aumento, a diretoria
da Caema mostra um aumento dos custos dos contratos da empresa de forma
assustadora também”, discursou Marcelo Tavares.
O deputado Bira do Pindaré frisou que a Caema
continua poluindo as praias de São Luís: “Até hoje, ninguém acreditou naquele
mergulho do secretário de Saúde na paria. Eu não sei qual foi a praia, se foi
Olho d’Água, se foi Araçagi, mas ninguém acreditou naquilo. Ninguém tem coragem
de levar seus filhos para tomar banho nas praias de São Luís porque todos sabem
que continuam poluídas, porque sabem que todo dia continuam sendo despejadas
mais de 160 toneladas de fezes nas praias de São Luís”, afirmou Bira do
Pindaré.
Os deputados Zé Carlos, Gardênia Castelo e Eliziane
Gama também parabenizaram Rubens Pereira Júnior pelo discurso, chamando atenção
para a falta de investimentos na área de saneamento básico. Depois de enfatizar
que a Caema é uma empresa deficitária, e que não faz sentido o reajuste abusivo
das contas de água, Rubens Júnior encerrou seu discurso fazendo um apelo para
que a governadora Roseana Sarney reveja a decisão de reajustar as tarifas da
Caema.
“Eu acredito que não há assunto mais importante
para a Casa debater neste momento, pois isso é algo que afetará diretamente
toda a população do Maranhão que consome água. Nós já temos a pior cobertura de
esgoto do Brasil, nós já temos a maior taxa de desperdício de água do Brasil,
nós talvez sejamos a campeã nacional de racionamento de água do Brasil, talvez,
acerca desse dado eu não tenho exatidão, mas quem sofre com a falta de água
pode dizer isso melhor do que eu. E com tudo isso, nós temos as praias
poluídas, o que afeta o turismo, o lazer, o entretenimento, mas com tudo isso o
Governo acha por bem reajustar a tarifa em até 38% para quem ganha menos. E
isto precisa ser revisto pelo governo”, ressaltou Rubens Júnior.

1 comment on “Rubens Júnior critica proposta de reajuste das tarifas da Caema”

  1. Macabeu disse:

    Tai a insensatez deste governo miserável, que não se envergonha de sua sordidez.
    Penalisando a população trabalhadora, enquanto os rico com seus 'gatos' e seu poço artezianos, pagam a menor taxa. Isto demonstra a torpeza deste governo e seus governantes!!!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina