Temerosa, Roseana diz que é candidata a aliados, mas não assume publicamente – Jorge Vieira

26 de setembro de 2017

Redação: (98) 98205-4499

26/09/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Temerosa, Roseana diz que é candidata a aliados, mas não assume publicamente

Nem promessa de ajuda de de Miche Temer faz Roseana se decidir sobre candidatura

Mistério! A ex-governadora Roseana Sarney vem conversando com aliados e garantindo que disputará a eleição de 2018, mas curiosamente não assume publicamente a condição de pré-candidata ao governo do Estado pelo PMDB.

O medo de assumir e depois ter que recuar para evitar uma nova decepção nas urnas, tem feito Roseana ser cautelosa em relação ás pressões que vem sofrendo do pai José Sarney para entrar na disputa como forma de tentar garantir a sobrevivência do grupo até 2022.

Segundo comentam nos bastidores da sucessão, as pressões para que ela aceite a missão de concorrer, ainda que sem chance de vitória por conta do elevado índice de rejeição, visa teria por finalidade evitar uma precoce revoada de partidos em direção a coligação de Flávio Dino (PCdoB).

Os estrategistas da oligarquia acreditam que sem um nome competitivo, a tendência é as legendas  se agruparem em torno de quem vai ganhar a eleição. “Político não costuma engordar palanque de que não tem perspectiva de vitória”, adverte um experiente parlamentar.

Com Roseana na disputa, a eleição fica um pouco equilibrada, a final esteve tanto tempo no poder e é natural que possua um percentual pequeno de eleitores dispostos a sufragar o nome dela nas urnas. Sem ela, o grupo corre o risco de extinção já em 2018.

E diante do quadro que se apresenta, Roseana permanece indecisa em assumir o desafio de enfrentar o governador Flávio Dino e sair da eleição menor ainda do que entrou ou aceitar o pedido do pai e do presidente Michel Temer para ser candidata e dá sobrevida ao grupo, elegendo representantes na Câmara Federal e Assembleia Legislativa.

Michel Temer, o político mais rejeitado do país, a pedido de Sarney, já prometeu ajuda (financeira?) para a Roseana, mas ainda assim a ex-governadora não se decide, o que já começa provocar desconfiança de que ela está apenas retardando a retirada de campo para evitar a debandada que se pronuncia.

O blog manteve contato com vários políticos que já estiveram com Roseana para tratar de eleição e a todos afirmou que será candidata. Ela só não diz porque não torna a decisão pública e parte para a pré-campanha. Para alguns políticos, o nome disso chama-se medo e fata de tendência para sacrifício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina