1 de junho de 2015

Redação: (98) 98205-4499

01/06/2015 -

Jorge Vieira -

Comente

Ribamar Alves participa da Marcha a Brasília e defende união dos prefeitos

Prefeito Ribamar Alves busca apoio da bancada federal do Maranhão

 Diante do atual cenário de crise econômica
enfrentada pelos municípios brasileiros, nos quais as demandas são bem maiores
que os recursos, os prefeitos foram à capital federal onde se reuniram na
Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.  

Em sua décima oitava edição, a marcha promovida
anualmente pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), começou no último
dia 25 e foi finalizada na quinta-feira (28) com a Leitura da Carta da XVIII
Marcha a Brasília.
O prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves, participou
do evento e, de Brasília, falou sobre a importância da união dos prefeito em
defesa dos entes federativos. “Unidos, todos os prefeitos, podemos
reivindicar melhorias para os nossos municípios. Santa Inês não é diferente dos
demais e a nossa batalha diária é em prol da população que é a que mais sofre
com a escassez de recursos e a consequente  dificuldade de atendermos à
demanda. Mesmo com toda essa dificuldade, estamos realizando um trabalho digno
nas áreas da Educação, Saúde, Cultura e Assistência Social e outras. Santa
Inês, assim como os demais municípios brasileiros, caminha com dificuldade. No
entanto, estamos avançando e vamos avançar ainda mais”, disse o prefeito.
Por meio de rede social, Alves disse, ainda, que em
reunião da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) com a bancada
de deputados federais buscou angariar o apoio à pauta de carências dos
municípios Maranhenses, dando enfoque aos do Vale do Pindaré.
“Dentre as reivindicações pautadas temos a
melhoria do Fundeb e dos recursos da Saúde – que hoje estão muito aquém da
realidade dos municípios e, portanto, com grande dificuldade de manterem esses
serviços ativos”, ressaltou e continuou: “além da grave crise
financeira por que passa o nosso país (causando o caos nos municípios),
principalmente agora com esse brutal corte no orçamento da união, que chegou a
R$ 69,9 bilhões”.

Ribamar Alves e a deputada suplente Luana Alves
reuniram-se, ainda, com o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Waldir
Maranhão (PP), solicitando apoio para arranjar recursos para Santa Inês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina