25 de outubro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

25/10/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Quem fala a verdade no episódio em que a oposição ficou fora da reunião com o ministro dos Transportes?

Parlamentares do campo da oposição fizeram hoje (25) duras críticas ao comportamento do governo de ignorar a existência da bancada durante a visita do ministro Paulo Passos ao Maranhão, na última segunda-feira.    
A deputada Cleide Coutinho, presidente da comissão especial que está acompanhando o desfecho da licitação, lamentou o comportamento do secretário de Articulação Política, Hildo Rocha, que afirmou à imprensa que ela estaria mentindo e que teria sido convidada.
“Sou oposição, cidadã e mereço respeito”, cobrou. Cleide sugeriu que a assessoria da governadora Roseana Sarney não a submeta a situações de dificuldades. “Exijo respeito, pois não me escondo atrás de mentira para justificar falta de organização”, criticou.
Os deputados governistas Stênio Rezende, César Pires e Magno Bacelar negaram ter havido boicote deliberado à oposição na visita do ministro dos Transportes, Paulo Passos, a São Luís, para explicar os motivos da suspensão da licitação das obras da BR-135.
Rezende justificou a ausência da oposição na reunião que sabatinou o ministro afirmando que tudo foi feito para contatar a deputada Cleide Coutinho, pelo secretário de Articulação Política do Estado, Hildo Rocha, mas sem sucesso.
Antes mesmo de concluir a justificativa, os deputados Marcelo Tavares, Rubens Júnior e Bira do Pindaré lamentaram que o secretário de Articulação Polícia do Governo não tenha conseguido localizar nenhum dos cinco parlamentares verdadeiramente de oposição.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina