12 de janeiro de 2013

Redação: (98) 98205-4499

12/01/2013 -

Jorge Vieira -

0

PT do Maranhão caminha para o rompimento definitivo com o governo Roseana Sarney

Vice-presidente do PT, Augusto Lobato

O Partido dos Trabalhadores caminha
para o rompimento político definitivo com o governo Roseana (PMDB) e com o
grupo oligárquico comandado pelo senador José Sarney (PMDB -AP) no Maranhão.
A decisão sobre o afastamento da
administração estadual, segundo informou ao blog o vice-presidente do PT do
Maranhão, Augusto Lobato,  deverá, ser
anunciada na próxima reunião da executiva regional, que deverá acontecer,
provavelmente, no próximo dia 20.
Conforme o vice presidente do PT,
a maioria da executiva defende o rompimento com o governo, até pelo desprestigio
da legenda que, segundo ele, ajudou eleger a governadora, mas recebeu em troca
apenas duas secretarias sem expressão: Relações Institucionais (Rodrigo Comerciante) e Trabalho (José Antonio Heluy).
Outro fator que contribuiu muito
para tomada desta posição foi o fracasso da candidatura do vice-governador Washington
Luís Oliveira, que mesmo com todo apoio da máquina federal e estadual obteve um
resultado pífio, ficando em quarto lugar, atrás de Eliziane Gama.
O resultado das urnas foi
devastador na liderança interna que Washington exercia no PT. Hoje, segundo apurou
o blog, dos dezessete membros da executiva estadual, sete são declaradamente pelo rompimento e
outros três: José Carlos da Caixa, Edmilson Carneiro e Joab Castro também já
sinalizaram neste sentido.
Outro apoio significativo foi a
adesão do secretário Márcio Jardim na articulação para afastar o partido do
grupo Sarney. Ele, juntamente com Augusto Lobato, acredita que desta vez o tema
será colocado em pauta e haverá uma definição sobre a questão.
O tema já deveria ter sido
discutido na reunião passada, mas foi retirado de pauta com o compromisso que
será deliberado no próximo encontro, que está programado inicialmente para o
dia 20 deste mês.”Nós não podemos fazer parte de um governo que não prestia o partido, além do mais, o nosso lugar é no palanque de Flávio Dino em 2014″, arrematou Lobato. 

1 comment on “PT do Maranhão caminha para o rompimento definitivo com o governo Roseana Sarney”

  1. Anônimo disse:

    ESPERO QUE O PT, REALMENTE TENHA CORAGEM DE TOMAR ESTA DECISÃO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina