26 de outubro de 2017

Redação: (98) 98205-4499

26/10/2017 -

Jorge Vieira -

(1)

Professores do núcleo rural da rede municipal participam de formação em projeto ambiental

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com o Instituo Alcoa, desenvolve o programa Educação Comunitária Ambiental (Ecoa), nas Unidades de Educação Básicas (U.E.Bs.) da zona rural da rede municipal de ensino. Nesta quarta-feira (25), professores do núcleo rural participaram do quarto e último módulo do programa, no auditório do Sistema Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), na BR-135.

De iniciativa do Instituto Alcoa, o programa Ecoa tem como objetivo fomentar a participação comunitária na construção de sociedades sustentáveis, por meio de processos de educação socioambiental voltados para valores humanos, conhecimentos, habilidades e atitudes. O titular da Semed, Moacir Feitosa, comemora a parceria. “As atividades do programa Ecoa fortalecem as metas da gestão do prefeito Edivaldo para a educação integral no município de São Luís, por isso celebramos a parceria”, destacou Moacir Feitosa.

Nesta edição, participam do programa as U.E.Bs Augusto Mochel, Amaral Raposo, Antoninho Baldez, Uruati e Rosilda Cordeiro. Entre as ações do programa estão o curso de formação de professores; distribuição de material lúdico educativo; acompanhamento pedagógico semanal nas escolas e desenvolvimento das Missões Ecoa: jogo colaborativo para alunos em contraturno escolar.

PROJETOS

Na U.E.B. Amaral Raposo, bairro Pedrinhas, o projeto ambiental desenvolvido na escola tem como tema “Escola influente, sociedade diferente”, que surgiu de iniciativa dos estudantes com foco nas necessidades e inquietações dos jovens acerca da educação ambiental.

Os subtemas desenvolvidos pelo projeto na escola contemplam tópicos que são desempenhados por turma. São eles: o uso consciente da água; o solo, na perspectiva da criação de um jardim e horta nos espaços internos da escola; os valores, sendo trabalhada a questão do respeito, carinho, amor e amizade e a reciclagem, aplicando o reaproveitamento do lixo. O setor administrativo da escola, com o apoio da comunidade escolar, tem a missão de implantar os 5s.

A gestora Elesione Moraes Nobrega Oliveira, acredita que se a escola influenciar e persuadir os estudantes, ela com certeza vai transformar a comunidade onde eles vivem. “A proposta do 5s é reduzir o desperdício de recursos e espaço de forma a aumentar a eficiência operacional. A ferramentas nos ajuda a criar a cultura da disciplina, identificar problemas e gerar oportunidades para melhorias”, disse a gestora Elesione Oliveira.

A U.E.B. Uruati elaborou o projeto com o tema “Escola Sustentável”, que visa implantar práticas sustentáveis dentro e no entorno da escola com o auxílio da comunidade local. As ações visam revitalização dos canteiros, da biblioteca, cardápio alimentar e parque de vivência para atividades lúdicas.

Laurizete Protásio dos Santos, gestora da unidade, conta que a educação ambiental é trabalhada de forma interdisciplinar buscando contextualizar com a realidade local dos estudantes. “A educação ambiental figura como instrumento na promoção do desenvolvimento sustentável, vez que, amparada na ética ecológica, gera uma conscientização acerca da preservação do planeta. Ou seja, devido ao seu compromisso com o desenvolvimento humano e ambiental, auxilia para o despertar da percepção sustentável por meio de mudanças nos valores, nas ações, nos pensamentos, nas metodologias, entre outros hábitos humanos destes estudantes”, pontuou.

2 comments on “Professores do núcleo rural da rede municipal participam de formação em projeto ambiental”

  1. Jair disse:

    Uma formação importante e que no futuro poderá contribuir para o nosso meio ambiente.

  2. felipe disse:

    um projeto muito bom e com temas bem interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina