Logo Blog
aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz

Pré-candidatos governistas lutam internamente para serem confirmados em 2020

Existe uma penca de pré-candidatos a prefeito de São Luís, quase todos da base governista, mas é fato que até o momento, faltando ainda ano e meio para a eleição de 2020, apenas os deputados federais Bira do Pindaré (PSB), Eduardo Braide (PMN) e os deputados estaduais Neto Evangelista (DEM) e Helena Duailibe (SD) estão com seus nomes garantidos nas legendas que representam. Os demais ainda sonham em participar da sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT), porém, terão que vencer batalhas internas, a exemplo do PCdoB que possui três postulantes, ou encontrar uma sigla que aceite sua candidatura, como é o caso do outsider Jeisael Marx.

Duarte Júnior saiu das eleições de 2018 como recordista de votos para deputado estadual em São Luís e se credenciou a disputar a preferência dos comunistas. O parlamentar, no entanto, possui contra si certa indiferença da classe política pela forma midiática como se comportou na presidência do Procon-MA e das polêmicas no plenário da Assembleia Legislativa onde chegou vestindo sai justa nos demais parlamentares ao inventar concurso para contratar três cargos comissionados, algo inédito na Casa por se tratar de cargos de confiança.

Duarte, para ser candidato, no entanto, terá que vencer uma luta interna com o deputado Rubens Júnior, atual secretário das Cidades, que teria a simpatia do Palácio dos Leões, mas não confirma e nem nega a candidatura, justamente por conta dos demais pretendentes, sendo um deles, Júlio Pinheiro, militante antigo e visto com muita simpatia apelas direções estadual e nacional do PCdoB. Pinheiro conta com o apoio de dirigentes comunistas por ser orgânico e pelos anos de militância.

O mesmo dilema vive o PDT. Uma olhada mais atenta no quadro de pré-candidatos percebe-se que os pedetistas, que mantém a hegemonia na capital desde 1988 quando elegeram Jackson Lago pela primeira vez, conversam muito nos bastidores com os dirigentes do partido Democratas, mas ainda não definiram se coligam com o DEM e apoiam Neto Evangelista ou se lançam a candidatura do presidente da Câmara Municipal, Osmar Filho, que também se movimenta e não descarta a possibilidade. O vereador Ivaldo Rodrigues corre por fora, embora sem muita chance.

Outro partido aliado do Palácio dos Leões que também deve apresentar candidato próprio é o Partido dos Trabalhadores. Segundo o deputado Zé Inácio afirmou em conversas com jornalistas no plenário da Assembleia Legislativa, na quarta-feira (17), o PT somente deverá discutir o assunto com maior profundidade após o encontro municipal, mas setores da legenda olham com simpatia para a candidatura do deputado federal José Carlos da Caixa. Sobre o assunto é bom que se atente para o disse o militante histórico Márcio Jardim: “O PT não tem candidato até aparecer o primeiro nome”.

Com a inflação e pré-candidatos governistas, tudo indica que os partidos da base aliada vão bater chapa em 2020, mas sem aquela história cooperativa, como ocorreu em 2006 quando vários candidatos foram lançados com a missão de desconstituir as mentiras da então candidata Roseana, o que permitiu a primeira derrota da oligarquia Sarney, após quatro décadas no poder, para Jackson Lago. Pelo quadro que está sendo desenhado agora, todos vão para a disputa, mas com o compromisso de estarem todos no mesmo palanque no segundo turno.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Mais Lidas

aplikasitogel.xyz hasiltogel.xyz paitogel.xyz