12 de junho de 2018

Redação: (98) 98205-4499

12/06/2018 -

Jorge Vieira -

Comente

Por que os garimpeiros maranhenses não votam em Lobão?

Em mensagem de voz enviada a Rádio São Luís AM, o ouvinte Zé Pinto afirmou que se depender dos garimpeiros maranhenses que estão em Serra Pelada (PA), o senador Edison Lobão (PMDB-MA) não vai renovar o mandato em 2018.

Para Zé Pinto, a classe de trabalhadores que o senador mais prejudicou foi a dos garimpeiros. “A maioria dos garimpeiros de Serra Pelada são maranhenses. Eu acho que se depender dos garimpeiros de Serra Pelada ele vai ficar sem mandato”, enfatizou.

A fala do trabalhador faz referência à relação entre Lobão e o garimpo em Serra Pelada. Em 2013, a revista Época destacou investigação do Ministério Público que apurava pagamentos milionários a garimpeiros ligados ao então ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Lobão e seus “apadrinhados” no garimpo – Em 2007, por influência de Lobão, a Vale aceitou transmitir os direitos de exploração mecanizada da área a uma pequena cooperativa de garimpeiros vinculada ao senador maranhense. Em associação com uma mineradora do Canadá, os garimpeiros apadrinhados por Lobão chegaram a abocanhar R$ 50 milhões.

Na época, o Ministério Público Federal (MPF) apresentou denúncia na Justiça contra o grupo de garimpeiros ligados a Lobão por apropriação indébita, ocultação de valores desviados e formação de quadrilha. O MPF investigava o destino final dos montantes que paravam nas contas bancárias dos protegidos de Lobão em Serra Pelada.

Segundo os procuradores, o contrato feito com a mineradora Canadense foi fechado sem o aval da maioria dos garimpeiros. Por ironia, até 2013, 70 % dos garimpeiros remanescentes em Serra Pelada era maranhense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina