PDT sumiu do plenário na votação que estatizou a Fundação Sarney – Jorge Vieira

20 de outubro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

20/10/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

PDT sumiu do plenário na votação que estatizou a Fundação Sarney

Causou comentários maliciosos nos meios oposicionistas as ausências dos deputados pedetistas Carlos e Amorim e Valéria Macedo na sessão que aprovou a estatização da Fundação José Sarney, na última quarta-feira (19).
O deputado Edivaldo Holanda (PTC), que assumiu na vaga da deputada Graça Paz (PDT), que se licenciou para assumir a secretaria de Assuntos Políticos do município, também não compareceu.  
Carlos Amorim, que sempre manteve posição contra o governo, não compareceu e nem justificou a ausência na histórica sessão em que o Poder Legislativo ajudou a governadora Roseana legitimar uma ilegalidade que, certamente, será questionada na Justiça.
O não comparecimento da parlamentar, no entanto, não chegou a causar surpresa, a final, embora tenha sido eleita pela oposição, sempre vota com a bancada governista e sequer se articula com os deputados que criticam o governo.
Carlos Amorim, ao contrário de Valéria Macedo, é parlamentar articulado, sempre se posicionou como deputado de oposição e poderia ter dado sua contribuição para denunciar a imoralidade cometida pela governadora, que quer obrigar o Estado pagar as despesas da fundação do seu pai.   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina