10 de outubro de 2017

Redação: (98) 98205-4499

10/10/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Senador caloteiro não tem moral para confrontar governador

O governador Flávio Dino afagavando a criatura Roberto Rocha, que o traiu

Parece piada, e só pode ser entendida assim,  a tentativa do senador Roberto “Asa” Rocha em confrontar o governador Flávio Dino quando todos no Maranhão o conhecem muito bem e sabe perfeitamente que ele não consegue praticar o que prega nem em suas próprias empresas, onde seus funcionários fazem um verdadeiro exercício para trabalhar sem receber salário enquanto seus patrões desfrutam os prazerem que o capital oferece.

Quem já passou pela Rádio Capital sabe o sacrifício que tem que tem fazer para sobreviver num ambiente triste e sem perspectiva. O radialista e jornalista, Gilberto Lima, com passagem breve pela emissora do senador, não se cansa de denunciar que a Rádio Capital, além de não recolher FGTS e INSS, há mais de ano não paga o salário dos funcionários. A Cemar, também, é outra vítima do senador.

Roberto Rocha não tem moral para confrontar o governador, até por conta de sua insignificância política, como vem mostrando as pesquisas de opinião pública que o apontam sempre como penúltimo lugar na preferência do eleitorado, ficando a frente apenas da ex-prefeita de Lago da Pedra e “laranja” da oligarquia, Maura Jorge. A população o identifica como traidor.

Roberto Rocha é reconhecidamente um mal pagador e péssimo investidor, pois recebeu de mão-beijada uma verdadeira fortuna em bens do pai ex-governador Luiz Rocha (considerado o pior governador do Maranhão), e não se tem qualquer informação de que ele tenha feito prosperar, pelo contrário, onde ele botou a mão faliu ou está em situação crítica, a exemplo da TV Cidade.

Se não vingou como empresário, como político não tem sido diferente. Após amargar fracassos, se fingiu de socialista, enganou o falecido ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, se filiou ao PSB, grudou em Flávio Dino, que o elegeu senador. Tão logo assumiu a cadeira mostrou sua verdadeira face de traidor, votando contra os interesses da classe trabalhadora e impedindo que o STF investigasse o presidente corrupto Michel Temer e ainda passou a tramar contra os interesses do Estado. Já o governador, mesmo com todas as dificuldades que o país atravessa, vem trabalhando com determinação e transparência para mudar Maranhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina