3 de novembro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

03/11/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Notas sobre o contidiano político

Tranqüilidade
O deputado Hemetério Weba respira aliviado com o novo rumo que tomou o processo em que o juiz da Comarca de Santa Luzia do Paruá o tornou inelegível por três anos, o que ocasionaria a perda do mandato.  

Juridicamente o parlamentar está revertendo a situação de dificuldade e diz está seguro quanto a permanência no mandato. “Não posso ser penalizado por uma publicação feita num jornal da capital pago com dinheiro do meu bolso”, justifica Weba.

New look  

O deputado Marcos Caldas, o “Play”, mudou o visual para assumir interinamente a presidência da Assembleia Legislativa.

Questionado hoje, após a sessão, se havia feito “chapinha” no cabelo, Caldas respondeu: “chapinha não, apenas dei um grau”.

O parlamentar permanece no cargo até segunda-feira quando devolve a cadeira ao titular Arnaldo Melo, que se licenciou para assumir interinamente o governo.  

Sem contestação

Chamou a atenção do plenário a ausência de parlamentares da oposição na tribuna para falar sobre a interinidade dos presidentes da Assembleia e do Tribunal de Justiça no governo do Estado.

Ao ser questionado por jornalistas sobre o silêncio da oposição em torno do festival de governança, o líder da oposição, Marcelo Tavares, justificou: “não critiquei para não dizerem que estou com dor de cotovelo”.

Restruturação 

Por falta de quorum regimental, foi adiada para a próxima segunda-feira a votação do Projeto de Resolução do deputado Luciano Leitoa, que cria a Frente Parlamentar de Restruturação da Universidade Estadual do Maranhão.

A Frente, caso seja aprovada, terá a missão de levantar os problemas existentes no Campi da UEMA e apresentar sugestões para sanar as carências.

Reconduzido

O presidente do PPS, Paulo Mato, será reconduzido ao cargo para comandar o partido por mais uma temporada.

Matos estava decidido entregar o comando da legenda para um aliado, mas como sua saída desencadearia processo de disputa interna, os dirigente se entenderam e fizeram um acordo para reconduzi-lo por unanimidade.

Um bom exemplo

A iniciativa do deputado Eduardo Braide de criar o Fundo Estadual de Combate ao Câncer começa ganhar repercussão no Congresso e pode se transformar em projeto nacional a ser defendido por um deputado federal.

Braide revelou já ter recebido telefonema de um parlamentar interessado em  apresentar a proposta criando o Fundo Estadual de Combate ao Câncer em nível nacional.

Os recursos, conforme Braide, viriam do IPI tanto das bebidas alcoólicas como do cigarro. “Devemos aproveitar a situação do presidente Lula e chamar a atenção para uma coisa que eu acho fundamental no combate a essa doença, que é a informação”, defendeu.

Passo lento

O presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Baixada Maranhense, deputado Jota Pinto, reclama da morosidade nos processos de licitação para a recuperação das estradas que cortam a região alagada do Estado, especificamente das MA 106 e MA 014, que estão em estado crítico.

Pinto anunciou que a Frente Parlamentar da Baixada vai encaminhar um documento ao secretário Max Barros solicitando que as obras iniciem o mais rápido possível, pois o inverno já está chegando à região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina