15 de setembro de 2018

Redação: (98) 98205-4499

15/09/2018 -

Jorge Vieira -

(1)

No Dia da Limpeza, Edivaldo e população participam de ação em praias de São Luís

No Dia da Limpeza, prefeito Edivaldo e população participam juntos de ação em praias de São LuísO prefeito Edivaldo, acompanhado da primeira-dama Camila Holanda e de secretários municipais, participou das atividades do Dia D de mobilização pelo Dia Mundial da Limpeza, na manhã deste sábado (15), na Avenida Litorânea. Na ocasião foram feitas coletas de resíduos, orientação aos banhistas e encenação teatral com tema educativo em ação, realizada pela Prefeitura de São Luís, com o objetivo de promover a sensibilização do público para o cuidado com o meio ambiente, a partir de ações de manutenção pela limpeza das praias. O evento complementa as ações da macro política de resíduos sólidos da gestão do prefeito Edivaldo e reforça o trabalho rotineiro de limpeza das praias realizado pela Prefeitura. Todo o montante coletado durante a mobilização somou quase 45 toneladas de resíduos entre recicláveis e orgânicos recolhidos em apenas duas horas, tempo que durou a ação.

“Esta é uma grande ação onde temos a alegria de ver crianças, jovens, adultos e idosos participando da mobilização. Diariamente, nossas equipes recolhem das nossas praias mais de 20 toneladas de lixo descartados de forma irregular, por isso a importância dessa ação para conscientizar a população sobre a sustentabilidade, o cuidado com o meio ambiente. Para isto, precisamos da população. Todos temos que dar as mãos por essa causa. A gestão possui um planejamento de atividades permanentes para essa manutenção, desenvolvido de forma regular para manter limpas as praias da nossa cidade. É um compromisso de cada um de nós, para a preservação de nossas praias e de nosso meio ambiente”, pontuou o prefeito Edivaldo.

Os resíduos foram coletados na faixa de areia ao longo da Litorânea. O público concentrou no trecho de prolongamento da praia de onde partiram até o parquinho. Além da ação dos agentes de limpeza e voluntários, máquinas de remoção somaram na atividade de coleta, fazendo aumentar o volume de resíduos retirados da praia. Participaram da atividade estudantes de escolas da rede pública municipal, entidades da sociedade civil, órgãos públicos e frequentadores da praia.

A catação de resíduos foi complementada com atividades educativas e durante o trajeto, banhistas tiveram acesso a informações sobre descarte adequado de lixo e demais resíduos. Todo o trabalho foi acompanhado pelo mascote Cidadão Limpeza Cidade Beleza, que ao longo da caminhada sensibilizou o público sobre o evento.

“Estas são algumas das praias mais movimentadas da capital e com um grande número de estabelecimentos. É um ponto estratégico para esta ação e pretendemos que, a partir daqui, cada um tenha mais consciência de que devemos cuidar deste ambiente para que possamos usufruir algo de qualidade e ter uma vida melhor”, enfatizou a presidente do Comitê de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela.

AQUECIMENTO

Antecipando a ação de coleta dos resíduos, o público fez aquecimento com aula de zumba. Equipes acompanhadas do mascote Cidadão Limpeza fizeram entrega de material para a coleta – sacos, luvas, água e protetor solar – e na ocasião, informava aos participantes sobre as etapas da atividade. O público saiu às 8h, do prolongamento da Avenida Litorânea para coleta de plástico e outros materiais, seguidos por equipes de conscientização. Cocos e outros itens de maior peso foram coletados pelo serviço de remoção mecânica.

A química aposentada Paula Coelho, 62 anos, sempre participa de eventos sobre o tema e dá o exemplo dentro a própria casa. “Há dois anos eu faço coleta coletiva do lixo que eu produzo em casa e entrego a catadores. Eu soube da mobilização e fiz questão de participar. Essa consciência ambiental é uma responsabilidade de todo mundo. Que todos saiam dessa ação mais respeitosos com a nossa casa que é o meio ambiente”, frisou.

Convidada pelo grupo de amigos de corrida, a tesoureira Diuciana Sena Reis, 36 anos, se programou para o momento. “A gente tem mesmo que fazer parte destes movimentos porque é nessas ações que se pode sensibilizar e a gente mesmo adquire outra atitude com o meio ambiente. Gostei do momento, do espaço e é muito bom ver todos unidos por uma causa coletiva importante como está”, enfatizou a jovem.

Estudantes da rede pública municipal mostraram animação no evento ambiental. Os jovens se juntaram ao público e participaram ativamente da ação. Victor Gabriel Pereira, 15 anos, que cursa a 8° série na U.E.B. Professor Nascimento de Moraes, era um dos mais empolgados. “A gente tem que ser exemplo e ajudar a manter limpas nossas praias. Se todo mundo fizer isso todo dia, a gente não vai ter praia suja. Eu e meus amigos estamos aqui para ajudar e somar”, disse o jovem.

O evento no parquinho da Avenida Litorânea. Após, foi realizada a pesagem e registro do material coletado e colocado no Lixômetro, instalado no local, e feita a demonstração da quantidade de materiais recolhidos. “Esse excesso de lixo é um grande prejuízo ao meio ambiente e que deve ser combatido com consciência ambiental e atitude de cada um de nós”, enfatizou Carolina Estrela.MEIO AMBIENTE PRESERVADO

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) Meio Ambiente, até 2050, pode haver mais plástico que peixes nos mares. Isso porque, a cada ano, cerca de oito milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos. No Brasil, mais de 95% do lixo encontrado nas praias é composto por itens feitos de plástico, como garrafas, copos descartáveis, canudos, cotonetes, embalagens de sorvete e redes de pesca.

“Neste cenário, as praias da capital são bastante limpas, comparadas a outros litorais, mas o descarte irregular é uma realidade”, ressalta Carolina Estrela. Segundo o Comitê de Limpeza Urbana, por dia, são coletados 1.300 toneladas de resíduos na capital, destas, 300 toneladas resultado do descarte irregular e cerca de 20 toneladas recolhidas só da faixa de areia das praias. São jogados nas praias itens como casca de coco e embalagens plásticas dos mais diversos tipos, caixas de papelão e restos de madeira.

Para combater esse problema, diariamente agentes de limpeza atuam na limpeza das praias com varrição, catação e remoção dos resíduos descartados na faixa de areia ou na área urbanizada. São utilizadas ainda caçambas e retroescavadeiras para recolher o lixo descartado nas praias de São Luís. Ao longo da Avenida Litorânea, equipes de plantão de varrição promovem limpeza da faixa de areia sempre aos domingos. No local, todas as lixeiras da avenida foram substituídas por novas para garantir descarte correto do lixo.

Limpeza é saúde, enfatizou o secretário municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho, que também marcou presença na mobilização. “Aqui estamos realizando uma grande ação de saúde coletiva. Onde o ambiente é limpo e vetores não proliferam e as doenças não avançam. É importante que, para além dessa mobilização mundial, todos se unam pela limpeza da nossa orla e pela preservação do ambiente, todos os dias”, reforçou o secretário

 

3 comments on “No Dia da Limpeza, Edivaldo e população participam de ação em praias de São Luís”

  1. mariana disse:

    Uma ação muito importante, as pessoas precisam preservar mais

  2. Paulo disse:

    Que ação maravilhosa e pessoas de todas as idades participando, muito legal, parabéns prefeito, muito bom mesmo

  3. Lucio disse:

    Uma bela ação realizada que veio beneficiar bastante as nossas praias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina