10 de janeiro de 2017

Redação: (98) 98205-4499

Análise, Eleições 2018

10/01/2017 -

Jorge Vieira -

0

Marcos Silva está certo…até certo ponto

Em uma coisa o socialista Marcos Silva está certíssimo: o grupo Sarney enfraqueceu demasiadamente, sobretudo porque só sabe sobreviver se tiver o controle da máquina pública.

Além disto, uma nova fusão se aproxima entre a oligarquia, o ex secretário Ricardo Murad e o senador Roberto Rocha. Todos conspirando contra o atual governo e prontos para dar o bote.

Mas Silva peca ao afirmar que o PSDB e a aproximação do governador Flávio Dino ao prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando (PMDB), serão a derrota do governo em 2018.

Ao contrário. Primeiro porque, o PSDB na figura de Carlos Brandão tem contribuído também com as políticas públicas pregadas por Dino. Na prática, um exemplo é o comando muito elogiado da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Sedes) pelo deputado estadual Neto Evangelista.

Além disto, a falha na análise também se configura ao não perceber o verdadeiro e positivo significado da união entre o governador e o prefeito de Ribamar. Não somente Luís Fernando, mas também aos demais prefeitos da região metropolitana, todos estão unidos ao governador em busca de um único resultado: o desenvolvimento metropolitano da Grande Ilha. E nada mais além disto.

1 comment on “Marcos Silva está certo…até certo ponto”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina