Marcelo Tavares reforça pedido de suspensão de contrato da Saúde – Jorge Vieira

28 de outubro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

28/10/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Marcelo Tavares reforça pedido de suspensão de contrato da Saúde

Marcelo Vieira / Agência Assembleia

O líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Tavares (PSB), destacou na sessão desta quinta-feira (27), a indicação assinada pela oposição que pede ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE), para que em decisão plenária suspenda o contrato celebrado pela Secretaria de Saúde com Oscip Bem Viver no valor de 51 milhões de reais.
Para o líder da oposição, o contrato é lesivo ao povo do Maranhão e não é a primeira vez que o secretario Ricardo Murad usa desse expediente. Segundo Tavares, o valor contratado pelo secretário Ricardo Murad em favor da Bem Viver é quase o que investiu o governo do Pernambuco, cerca de 60 milhões, para a construção do hospital Miguel Arraes, de alta complexidade.
“Este contrato com a Bem Viver é de 51 milhões de reais para prestar serviços aonde nota oficial a Secretaria diz que a partir de amanhã o ambulatório está fechado, é um crime de tal monta, que a Secretaria fecha o atendimento no hospital e simultaneamente contrata uma OSCIP para prestar esse atendimento no hospital, naquela unidade, naquele tipo de serviço ambulatorial fechado”, denunciou.
Para o deputado Marcelo Tavares, a quantidade de contratos celebrados com Ocips na saúde vai quebrar o Estado. Ele disse ainda que a governadora tem uma postura omissa  quanto às questões da saúde em seu governo. 
“Vai quebrar o Estado e, ao mesmo tempo, não presta um serviço de saúde de qualidade para a população do Maranhão. Depois não digam que a Oposição não avisou. Avisem a governadora que o Maranhão está descontrolado na área de Saúde, sem nenhum tipo de bom senso da administração.
O parlamentar disse ainda que “se fosse possível realizar uma CPI para investigar as despesas dessas Ocips nós íamos encontrar muito dinheiro sacado na boca do caixa. Nós íamos encontrar muita nota fiscal fria. Tenho certeza absoluta disso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina