25 de agosto de 2011

Redação: (98) 98205-4499

25/08/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Hospital Universitário está sob ameaça de colapso

Serviços como transplantes de rins e de córneas, hemodiálise, cirurgias de catarata e glaucoma poderão ser reduzidos e até interrompidos nos próximos dias com a devolução ao Governo do Estado de 121 servidores (dos quais 44 médicos) que estão à disposição do Hospital Universitário Presidente Dutra – administrado pela Universidade Federal do Maranhão (Ufma). É que o secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad enviou ofício do diretor-geral do HU, médico Vinicius Nina, para que no prazo de 60 dias (a contar de 25 de julho) todos os servidores estaduais sejam devolvidos.
Pacientes e demais usuários do Hospital Presidente Dutra já manifestam preocupação, pois deixarão de ser atendidos em diversos serviços (veja relação abaixo). Dirigentes e funcionários da unidade hospitalar consideram curto o prazo para a devolução dos servidores ao governo do Estado. Os funcionários em questão são profissionais treinados e especializados pela Ufma, muitos prestam serviços ao HU há mais de 10 anos e a medida vai atingir, sobretudo, as camadas mais pobres da população, majoritariamente usuárias desses serviços.
O Hospital Dutra presta serviços de alta complexidade, a maioria referência no Estado, e atende camadas de baixa renda do interior e da capital. Há anos, Os Hospitais Universitários de todo o país enfrentam problema de pessoal, por falta da realização de concurso público para atender a demanda. A saída tem sido a contratos com fundações, recurso questionado pelo Tribunal de Contas da União (TCU). No Maranhão, as dificuldades eram reduzidas com a disponibilidade de pessoal administrativo e profissionais de saúde do quadro de servidores do Governo do Estado para o Hospital Universitário.
Com a intempestiva medida do secretário Ricardo Murad, o usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) enfrentará muito mais dificuldades, pois poderá deixar de ter acesso a serviços como:
Cirurgia Cardíaca – procedimentos cirúrgicos no coração e /ou grandes vasos cardíacos.
Cirurgia Vascular e Endovascular – procedimentos voltados aos sistemas arterial, venoso e linfático.
Hemodinâmica (cateterismo, stent, eletrofisiologia, e outros procedimentos percutâneos)
Nefrologia (Hemodiálise, Prevenção de Doenças Renais),
Transplante Renal – início em março de 2000, com 343
Transplante de Córnea – início em 2000 , foram feitos 570
Neurocirurgia – tratamento de doenças do sistema nervoso central e periférico ( como
tumores, doenças vasculares, degenerativas, traumas crânio-encefálicos e raqui-medulares.
Ortopedia e Traumatologia – (coluna vertebral, pernas, ombro, pé, braços e antebraços etc)
Urologia – procedimentos para tratamento de cálculos renais por meio da litotripsia, prevenção e tratamento de doenças de uretra, próstata e outras relacionadas.
Endocrinologia – ambulatório
UTI’s –Adulto geral
UTI Cardiológica – adulto e criança
UTI Neonatal – Método Canguru (crianças prematuras – pré termo, crianças que nascem antes de 7 semanas) referência
UTI Pediátrica – única no estado
Cirurgia Pediátrica – vários procedimentos
Programa de Atendimento ao Paciente Asmático – PAPA
Programa de Atendimento à Dor Crônica – Dor
Núcleo do Fígado – Atendimento ao paciente com problemas hepáticos
Dermatologia / com destaque ao Programa da Hanseníase
Laboratório de Análises Clínicas (exames auxiliares ao diagnóstico
Ambulatórios para várias especialidades – cardiologia, angiologia, nefrologia, endocrinologia, clínica geral, obstetrícia, ginecologia, pediatria, neurologia, ortopedia, cirurgia geral e outras especialidades.
Ambulatório Oftalmologia- cirurgias de catarata e glaucoma
Banco de Leite Humano – coleta e armazenamento de leite humano, além do atendimento às gestantes na prevenção de doenças da mama;
Banco de Tumores e DNA – armazenamento de tumores para pesquisas científicas;
Banco de Olhos- armazenar e processar as córneas para transplantes
Atendimento a gestante de alto risco – com a ênfase às grávidas hipertensas
Programa de Atendimento ao Paciente Diabético
Programas de Residências: Médica (pediatria, neonatologia, cardiologia, anestesiologia, cirurgia cardio-vascular, urologia, cirurgia geral, clínica médica, endocrinologia, gastroenterologia, infectologia pediátrica, medicina intensiva pediátrica, nefrologia, obstetrícia e ginecologia,ortopedia e traumatologia.
Residência de Enfermagem clínico-cirúrgica.
Residência Multiprofissional – contempla as áreas de: Odontologia, Serviço Social, Nutrição, Enfermagem, Educação Física, Fisioterapia, Farmácia, Psicologia Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional:
Ligas Acadêmicas: São 21. A Liga Acadêmica é uma organização multidisciplinar e que atua no desenvolvimento de trabalhos científicos, didáticos, assistenciais, culturais e sociais, fortalecendo a formação acadêmica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina