27 de fevereiro de 2015

Redação: (98) 98205-4499

27/02/2015 -

Jorge Vieira -

Comente

Herança maldita: Rodovia do Anel da Soja foi deixada em estado deplorável por Roseana Sarney

Jornal Pequeno

Anunciada em março de 2014, na gestão da ex-governadora Roseana Sarney
(PMDB) como a maior obra rodoviária do Estado, o “Anel da Soja” possui trechos
praticamente intrafegáveis.  Na MA 006, uma das rodovias estaduais
integrantes deste empreendimento, a situação é  deplorável, principalmente
no trecho situado entre as cidades de Balsas e Tasso Fragoso.

Relatório técnico feito pela Secretaria
Estadual de Infraestrutura (Sinfra) informa que no trecho entre Balsas e Tasso
Fragoso, o cenário  é crítico com a proliferação de buracos provocando
várias crateras na pista.
O relatório analisou um trecho de 140
km desta rodovia MA 006, que no projeto anunciado em 2014 constava como parte
integrante da segunda etapa de obras do “Anel da Soja” cujos investimentos
divulgados pela gestão anterior foram estimados em R$ 765 milhões. Os recursos
para financiar esta obra foram obtidos junto ao Banco Nacional de
Desenvolvimento Social (BNDES) sendo complementados com verbas do orçamento
estadual. No caso específico desta rodovia foram aplicados recursos do estado.
Passado mais de um ano após o anúncio
desta obra, a atual gestão recebeu um “presente de grego” e um estudo minucioso
sobre a situação da obra, incluindo várias fotografias constata um estado de
calamidade.
O relatório feito por técnicos da
Sinfra informa que a rodovia estadual MA 006 apresenta vários problemas de
trafegabilidade e ressalta a importância da estrada, utilizada para escoamento
da produção de soja dos agricultores da região.

Composto por quatro rodovias estaduais
(MA 006, MA 007, MA 132 e MA 140),  o Anel da Soja foi um projeto
divulgado como a solução de trafegabilidade para atender as cidades localizadas
na região próxima a divisa com o Estado do Tocantins, que é a maior produtora
de soja do Maranhão. Porém, passado quase um ano após ser anunciado a obra se
parecer mais com o “Anel da lua”, por conta das grandes crateras encontradas ao
longo de diversos trechos da MA 006.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina