3 de outubro de 2017

Redação: (98) 98205-4499

03/10/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Falta de ambiente no PSDB do Maranhão faz Roberto Rocha marcar filiação para Brasília

O senador Roberto Rocha, o “Asa de Avião”, assina nesta quarta-feira (4) ficha de filiação no PSDB, em ato a ser realizado em seu gabinete, em Brasília, transferindo assim a crise que ele criou no PSB para o ninho dos tucanos. Um grande número de lideranças do partido que não está evolvida em seu projeto de ser candidato a governador em 2018, já vislumbra transferências para outras legendas envolvidas no projeto de reeleição do governador Flávio Dino.

Rocha marcou seu ingresso no PSDB chegando de helicóptero, com as bênçãos da cúpula dos tucanos, mas sem o menor respaldo das bases do PSDB no Maranhão, que ameaçam rebelar. Até o atual presidente estadual Carlos Brandão mostra apreensão e não descarta procurar outro caminho, caso seja imposta a candidatura de Rocha ao Governo do Maranhão. Brandão é vice-governador e defende a manutenção da aliança com o Governo Dino.

O senador, que obteve o ineditismo de ser expulso do PSB em pleno exercício do mandato, anuncia que contará no ato de sua filiação com a presença, entre outras, do governador São Paulo, Geraldo Alckmin, mas nenhum dos parlamentares do partido no Maranhão confirmou presença. A militância quer distância também e a direção local torce  o nariz para a filiação.

Roberto Rocha entra no ninho dos tucanos para ser candidato a governador contra a vontade dos dirigentes locais, que até admitem sua filiação, mas discordam do projeto pessoal do senador e da forma como está entrando, por cima, sem tomar conhecimento dos dirigentes do PSDB no Maranhão.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina