2 de outubro de 2017

Redação: (98) 98205-4499

02/10/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Escola Digna e Sim, Eu Posso! são destaques em encontro nacional de pesquisadores da Educação

O governador Flávio Dino foi um dos participantes da abertura da 38ª Reunião Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped), na noite desse domingo (1º). Realizada na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em São Luís, a cerimônia de abertura teve como um dos destaques a apresentação dos resultados dos programas Escola Digna e Sim, Eu Posso!, do Governo do Maranhão.

“Lançamos o Programa Escola Digna e com ele articulamos programas da educação infantil até a pós-graduação. Estamos lutando para valorizar os nossos professores, fizemos concurso público aqui, com remuneração inicial que vem a ser o dobro do piso nacional de salários, e estamos com um grande programa de valorização da infraestrutura da educação, que não é tudo, mas é muita coisa diante da situação que encontramos”, afirmou o governador.

O Escola Digna tem como meta entregar 300 novas escolas e reformar mais centenas de unidades escolares da rede estadual de ensino até 2018. Em outra frente, o programa de alfabetização Sim, Eu Posso!, que em sua segunda fase está alcançando mais de 20 mil pessoas, tem levado não apenas educação mas também inclusão social, premissa significativa da democracia, como demarcou Dino.

“Nós estamos na contramão da lógica transitoriamente hegemônica, mantendo os investimentos públicos em educação. Continuamos firmes, lutando para que haja um pouco mais de igualdade na nossa sociedade”.

Reunião – O evento, que este ano teve como tema “Democracia em risco: a pesquisa e a pós-graduação em contexto de resistência”, é um dos maiores do país no segmento e, para a presidente nacional da Anped, Andrea Gouveia, o exemplo maranhense é um alento diante do cenário nacional.

“Fazer um evento e contar com a parceria da Secretaria Estadual de Educação, neste momento em que a educação brasileira vive um desmonte do ponto de vista de direitos, como o direito ao piso salarial nacional, é fundamental, pois aqui a gente poder ver na prática o encontro entre o que dizem todas as pesquisas sobre valorização dos professores e a política pública aplicada no Maranhão, que consegue dar vazão a essa necessidade”, disse.

A 38ª edição da reunião acontecerá até o dia 5 de outubro na UFMA e deve receber cerca de 3 mil pessoas entre pesquisadores, docentes e professores, com apresentações de pesquisas e debates centrais sobre a Educação.

A conferência de abertura foi realizada pela pedagoga, pesquisadora e ex- ministra da Mulher, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes (UFMG), que elogiou os investimentos do Governo do Maranhão.

“É um estado que nos traz esperança, que mostra como é possível investir em educação e não cortar em direitos sociais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina