25 de junho de 2015

Redação: (98) 98205-4499

25/06/2015 -

Jorge Vieira -

0

Eliziane Gama trouxe a CPI da Carceragem a Pedrinhas apenas para aparecer

Eliziane feiaPassada a euforia da mídia sarneysista com a vinda da CPI da Carceragem ao Maranhão, pergunta-se: o que a deputada Eliziane Gama veio mesmo fazer na Penitenciária de Pedrinhas um dia após o governador Flávio Dino assinar com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, o Termo de Compromisso para a construção e reforma de presídios que deveriam ser construídos no governo Roseana? Na avaliação de quem acompanha a política local, a única finalidade da parlamentar em trazer a Comissão Parlamentar de Inquérito foi produzir manchete para os veículos de comunicação do Sistema Mirante.

Sem espaço no agrupamento político que elegeu Flávio Dino governador e isolada por nunca honrar a palavra empenhada, Eliziane se especializou em criar factoide para se manter em evidência neste período que antecede as articulações para a composição de alianças visando as eleições de 2016 e conta para isso com o apoio de vários de braços do grupo Sarney na blogosfera. A parlamentar, que sequer participa da CPI, trouxe-a ao Maranhão apenas para passear e visitar a Assembleia Legislativa onde deu seu show particular concedendo entrevistas e se postando como se fosse a própria presidente ou relatora da Comissão Parlamentar de Inquérito.

A deputada anda tão empolgada com a tal candidatura que já se apresenta como se fosse a prefeita de São Luís, mesmo sem garantia de que será sequer candidata. A parlamentar demonstra uma arrogância incompatível para quem exerce mandato eletivo, e talvez por isso, não consegue aglutinar forças e perde espaço. Já procurou todos os partidos para tentar falar em aliança, mas como ninguém acredita no que ela fala, a resposta tem sido sempre não. O presidente do PP, Waldir Maranhão, por exemplo, ao ser procurado, rechaçou qualquer possibilidade de aliança e ainda acolheu a vereadora evangélica Rose Sales para lança-la candidata a prefeita de São Luís.

A deputada, que se recusa a ajudar São Luís ao ponto de destinar todas as suas emendas para outros municípios, precisa ainda resolver sua crise de identidade: vive tentando se grudar no agrupamento políticos que botou a oligarquia Sarney para correr do Maranhão, mas vislumbra o apoio dos sarneistas com quem troca figurinhas. Na campanha de 2012, por exemplo, as despesas de campanha da então candidata a prefeita Eliziane, segundo ainda comentam nos bastidores, teria sido bancada pelo empresário Fernando Sarney.

Se a intenção da parlamentar era constranger o governador Flávio Dino, o tiro saiu pela culatra, pois além de se afastar ainda mais da atual gestão ainda deu ao governo do Maranhão a oportunidade de mostrar ao país as mudanças já processadas no Sistema Carcerário do Estado, atestado pelo próprio presidente da CPI, Alberto Fraga. Para  Fraga, houve uma “evolução muito grande do que vimos ano passado e o que estamos vendo agora”. Além de ver um presídio com menos internos e mais organizado que um ano atrás, os parlamentares da CPI destacaram ainda o êxito na classificação dos internos por facção à qual pertencem e que hoje eles são responsáveis por parte do trabalho interno.

1 comment on “Eliziane Gama trouxe a CPI da Carceragem a Pedrinhas apenas para aparecer”

  1. paulo disse:

    parabens a dep Eliziane! é sempre atuante e presente nas causas publicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina