24 de Fevereiro de 2015

Redação: (98) 98205-4499

24/02/2015 -

Jorge Vieira -

Comente

Edivaldo Holanda diz que acabou o deboche do grupo Sarney com a população de São Luís

Em
contundente pronunciamento, na manhã desta terça-feira (24), aparteado por
quase todos os parlamentares presentes em plenário, no horário destinado ao
grande expediente, o deputado Edivaldo Holanda (PTC) ressaltou o novo momento
vivido no Estado e o início das parcerias entre Governo e a Prefeitura de São
Luís, negadas pela ex-governadora Roseana Sarney. 
 
“Hoje
em São Luís, existe uma paz reinante na cidade, percorre-se os bairros e está
na mente das pessoas a esperança nestes dois governos que estão aí: o governo
de Edivaldo Holanda Júnior e o governo de Flávio Dino. Porque desde as eleições
que já estava no coração e na mente das pessoas desta cidade a certeza de que
seria diferente, de que agora nós teríamos em São Luís um governo instalado nos
Leões que estenderia as mãos para este povo necessitado de São Luís, para o
prefeito desta cidade. E São Luís acertou em cheio quando elegeu Flávio Dino
governador deste estado”, observou Edivaldo Holanda.
 
Segundo
o experiente parlamentar, ex-líder do Governo Jackson Lago, “o pesadelo acabou.
O deboche, a ironia, não se houve mais na voz do governante do Estado como se
ouviu durante dois longos anos, hoje a palavra é de parceria, é de resultados,
é de trabalho, é de união, é de resposta ao povo de São Luís. Permita-me os
demais companheiros falar de São Luís, eu sei que cada companheiro aqui tem os
seus municípios, mas particularmente eu farei uma série de pronunciamentos nesta
Casa falando desta cidade, falando sobre o trabalho do prefeito de São Luís e
falando sobre o trabalho do governador Flávio Dino, desta parceria desejada e
buscada pelo Prefeito Edivaldo Júnior e por todos os moradores desta cidade”.
 
Edivaldo
Holanda pediu desculpas aos demais prefeito por abordar apenas a questão de São
Luís por ser, segundo ele, uma cidade sofrida, perseguida, que precisava deste
clima paz e deste momento em que um secretário de Estado recebe um secretário
municipal, faz conferência com ele, com técnicos, discute os problemas da
cidade. “O governo do estado termina dentro do município e o município termina
dentro do governo do estado, o município de São Luís. Há uma parceria ora
tácita, ora escrita, ora verbal. Uma parceria entre pessoas civilizadas que
entendem o problema de uma capital de todos os maranhenses”.
 
PROBLEMAS HISTÓRICOS – Edivaldo
Holanda reconheceu que a cidade enfrenta problemas em diversas áreas, mas que
algumas intervenções, como nas Avenidas dos Holandeses, Africanos e dos
Portugueses, ajudaram a melhorar, e que haverá também mudanças no Anil, para
desafogar os engarrafamentos, nas proximidades do antigo clube do Lítero. 
 
“São
problemas localizados, não dá para resolver tudo, porque são 350 mil veículos
dentro da cidade de São Luís, e as ruas não têm como serem enlarguecidas. É uma
cidade de 400 anos onde a maioria de suas ruas foi concebida para um momento
presente e não para o futuro”, afirmou.
 
Edivaldo
Holanda revelou que haverá muitas dificuldades, por exemplo, para implantar o
Corredor de Transporte, que foi aprovado no Ministério das Cidades, e que
custará quase meio bilhão de reais, sendo 280 milhões a fundo perdido. “Mas as
indenizações são milionárias, são enormes, e elas fogem das condições de uma
cidade como São Luís que só de folha de funcionários paga por mês R$ 80
milhões”, contou.
 
INTERVENÇÕES – O
deputado disse que não é fácil manter uma cidade que tem um orçamento de 2
bilhões e 700 milhões por ano e que só com funcionalismo paga por ano quase R$ 3
bilhão.
 
Edivaldo
Holanda detalhou a parceria da Prefeitura com o Governo do Estado. “O
governador Flávio Dino, em parceria com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, vai
efetivar 12 intervenções importantes. Além das intervenções que estão sendo
realizadas, algumas concluídas e outras em andamento, o governador Flávio Dino
já está providenciando, junto com o prefeito, o lançamento dessas 12
intervenções no trânsito de São Luís”, contou.
 
O
deputado garantiu que as intervenções ocorrerão, por exemplo, na avenida
Colares Moreira, nas proximidades do Marcus Center; e na avenida dos
Holandeses, no encontro com a avenida Daniel de La Touche. 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina