11 de setembro de 2017

Redação: (98) 98205-4499

11/09/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

“Quadrilhão do PMDB”, de Sarney e Lobão, desviou R$ 864 milhões

Sarney e Lobão foram denunciado pelo Ministério Público Federal por formação de quadrilha

O Jornal Nacional divulgou na noite deste sábado, 10, o esquema do ‘quadrilhão’ do PMDB, denunciado pela Procuradoria Geral da República. Cinco senadores e dois ex-senadores do partido são acusados de integrar organização criminosa e receber R$ 864 milhões em propina, entre eles José Sarney e Edison Lobão.

Junto com os maranhenses, os senadores Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR), Valdir Raupp (RO) e Jader Barbalho (PA), além do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado (CE) teriam gerado prejuízo de R$ 5,5 bilhões aos cofres da Petrobras e de R$ 113 milhões aos da Transpetro, segundo a PGR.

O grupo ficou conhecido como “quadrilhão do PMDB” no Senado e teria desviado recursos públicos e obtido vantagens indevidas no âmbito da administração pública. Ainda segundo a PGR, as ações ilícitas ocorreram mediante a arrecadação de recursos da Petrobras por meio de contratos firmados no âmbito da Diretoria de Abastecimento e da Diretoria Internacional, assim como da Transpetro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina