Deputados somem do plenário da Assembleia Legislativa – Jorge Vieira

15 de setembro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

15/09/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Deputados somem do plenário da Assembleia Legislativa

Pela primeira vez na presente legislatura a Assembleia Legislativa deixou de realizar sessão por falta de quorum.
No horário destinado à abertura dos trabalhos estavam em plenário apenas os deputados Hélio Soares, Magno Bacelar, Marcelo Tavares e Jota Pinto.
O Regimento da Casa exige quorum mínimo de seis parlamentares para a abertura da sessão ordinária.
Após expirar o prazo de tolerância regimental, vários deputados adentraram ao plenário e chiaram barbaridade com a não realização da sessão.
Alguns alegavam que estavam despachando em seus gabinetes e já anunciavam que irão propor nova mudança no regimento para que seja computada a presença do parlamentar que estiver no prédio do Palácio Manoel Bequimão.
Vários parlamentares que pretendiam usar a tribuna para jogar loas no novo ministro do Turismo tiveram que adiar para amanhã os seus discursos “elogiosos” a Gastão
Ex-prefeito de Pinheiro abre o bico
O ex-prefeito de Pinheiro, ex-deputado José Genésio, resolveu dar uma de “advogado do Diabo” e partiu para a defesa do demitido ministro Pedro Novais, hoje, pelos corredores do Poder Legislativo.
Falando em voz alta, para que todos escutassem, Genésio lamentava a demissão de Novais por ter pago a governanta com dinheiro da Câmara Federal.
“Isso é molecagem demitir um ministro porque pagou uma governanta com dinheiro público. Se o critério for esse, basta dar uma investigada aqui na Assembleia que não vai sobrar um deputado”, atirou o ex-prefeito.
Genésio deve falar com conhecimento de causa, a final foi eleito três vezes para representar o povo da Baixada no Poder Legislativo, antes de se eleger prefeito e aprontar todas até ser cassado pela Justiça, por atos de improbidade administrativa.  
Prévia petista
Após o congresso nacional do PT deliberar pelo lançamento de candidatura própria em todas as capitais e em cidades com mais de 150 mil habitantes, o deputado Bira do Pindaré anda muito otimista com a possibilidade de representar a legenda na sucessão municipal.
Para o parlamentar, o ideal seria uma articulação envolvendo todas as tendências petistas em torno de uma única candidatura, mas que, se isso não for possível, as prévias definirão quem será o candidato do PT a prefeito de São Luís.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina