26 de setembro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

26/09/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Deputados que venderam emendas em SP se espelharam no Maranhão?

A denúncia de que parlamentares maranhenses, a exemplo dos colegas da Assembleia Legislativa de São Paulo, venderam emendas para agiotas precisa ser investigada com rigor pelo sonolento e inoperante Ministério Público.
Se no Estado mais rico do país, a molecagem chegou ao ponto de um próprio companheiro de plenário denunciar a bandalheira, imagine o que não ocorre num Estado pobre que vive a mercê de gatunos apadrinhados pela família Sarney?     
Dois deputados da Assembleia Legislativa de São Paulo citam episódios que reforçam a acusação do deputado Roque Barbiere (PTB) de que há colegas que vendem emendas parlamentares. Os fatos foram vividos e relatados pelo deputado licenciado e secretário de Meio Ambiente, Bruno Covas (PSDB), e pelo deputado Major Olímpio (PDT). O primeiro é governista; o segundo, de oposição.
Lembro que tão logo surgiu a denúncia num blog local, repercutida nacionalmente na coluna do jornalista Claudio Humberto, o deputado Raimundo Cutrim (DEM) foi à tribuna cobrar da Mesa Diretora da Casa a apuração dos fatos denunciados, mas o líder da bancada do governo, Stênio Resende (PMDB), se manifestou contra e o assunto foi dado por encerrado.
No Maranhão, lamentavelmente é assim, tudo que é sujeira a turma do Sarney joga para debaixo do tapete, o Ministério Público, como sempre, se finge de morto e o Estado, para desgosto dos maranhenses que vivem honestamente, é apresentado ao país como exemplo de tudo que não presta.  
    
Até quando vamos ter que aguentar essa gente sem escrúpulos saquenado recursos públicos e o MPE assistindo tudo de braços cruzados, como se fosse conivente com a quadrilha que assalta diarimente o Estado? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina