31 de agosto de 2017

Redação: (98) 98205-4499

31/08/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Braide recorre a Justiça para proibir que seu nome seja vinculado a “Máfia de Anajatuba”

Deputado quer evitar qualquer vinculação do seu nome com a “Máfia de Anajatuba”

Pré-candidato a uma das dezoito vagas na Câmara Federal, nas eleições de 2018, o raivoso deputado estadual Eduardo Braide (PMN) não quer mais vê em seu currículo qualquer menção à chamada “Máfia da Anajatuba”, organização criminosa que, segundo o Ministério Público e Polícia Federal, fraudava licitações para desviar dinheiro destinado, entre outras coisas, à merenda escolar.

E já prevendo que esse tema tão delicado e já explorado na sucessão municipal de 2016, quando foi derrotado pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT), volte à tona em 2018 e prejudique sua campanha, o deputado já está tomando providência e recorrendo à justiça para evitar que a expressão “Máfia de Anajatuba”, seja relacionada ao seu nome.

A Justiça do Maranhão, em resposta a uma ação do deputado, censurou quatro matérias produzidas pelo blog Atual7 sobre o parlamentar ser alvo da investigação da PF e do Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) por haver empregado em seu gabinete integrantes da chamada “Máfia de Anajatuba”.

O blog do Jorge Vieira tem a informação de que novas ações do parlamentar do PMN estão prontas para serem disparadas contra outros blogs para impedir que o nome dele seja vinculado à organização criminosa que causou enormes prejuízos aos cofres público e resultou na prisão de alguns dos seus integrantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina