10 de setembro de 2017

Redação: (98) 98205-4499

10/09/2017 -

Jorge Vieira -

(1)

PSB reelege Luciano Leitoa e aprova por unanimidade expulsão de Roberto Rocha

O Partido Socialista Brasileiro no Maranhão (PSB/MA) realizou neste final de semana, sábado (09) e domingo (10), o Congresso Estadual da sigla na Assembleia Legislativa, em São Luís. O momento foi marcado por importantes decisões, a aclamação do prefeito de Timon, Luciano Leitoa, para a presidência do Diretório Estadual, e a expulsão do senador Roberto Rocha por descumprir o Estatuto e o Código de Ética e Fidelidade partidária. A sigla decidiu também pelo apoio reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB).

O evento, marcado pelo espírito da democracia, fidelidade, socialismo e liberdade, reuniu lideranças, delegados e representantes dos segmentos sociais da sigla de todo o estado, além de nomes do Diretório Nacional, presidente Carlos Siqueira, da secretária de Mulheres, Dora Pires, do secretário de Movimento Sindical, Jailson Cardoso, e do governador Flávio Dino.

A leitura da militância é que o nome mais indicado para comandar a sigla no Estado do Maranhão é o prefeito Luciano Leitoa, pela excelente liderança que teve neste último mandato e pela trajetória de luta pauta no diálogo e lemas do partido. O presidente Nacional Carlos Siqueira já tem, inclusive, apoio declarado do Diretório Estadual do Maranhão para continuar comandando o partido no Brasil.

O PSB é um partido genuinamente nordestino, fundado por Miguel Arraes, posteriormente conduzido por Eduardo Campos.  “Carlos Siqueira, que com fé em Deus, haverá de continuar a frente da presidência do partido por manter os pensamentos, com os ideais que o PSB sempre teve desde as suas raízes”, declarou.

Leitoa falou também do fortalecimento da sigla em São Luís, no Maranhão e no Brasil e afirmou que mais importante do que deter mandatos é fortalecer o PSB. “E eu fico olhando como é que uma pessoa consegue fazer com que todos aqueles que o apoiaram, ficassem contra ele. É o mal de quem não tem votos e se elege enganchado no cangote de outro, mas, graças a Deus, o PSB é muito maior do que os mandatos, e muito maior do que um senador”, declarou ao lembrar que os mandatos passam e o que fica é o legado.

ROBERTO ROCHA FORA DO PSB – O pedido de expulsão do senador Roberto Rocha é de autoria do deputado estadual Bira do Pindaré, presidente do Diretório Municipal em São Luís, dirigido ao Congresso e representa um clamor da militância, que, durante o evento, debateu o assunto e defendeu a importância de se tomar providências. Segundo o documento, o senador não segue as orientações partidárias e traiu o projeto que o elegeu senador da república.

“O PSB acabou de decidir que vai apoiar a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), enquanto isso, o senador adota uma postura de como ele se tivesse sido eleito pelo grupo Sarney, mas ele foi eleito por nós aqui. Sem o nosso apoio e sem o apoio do governador Flávio Dino ele nem mandato teria”, frisou o presidente do PSB/São Luís ao acrescentar que a postura assumida por Rocha expressa ingratidão e infidelidade, e faz dele indigno de um partido da envergadura do PSB.

2 comments on “PSB reelege Luciano Leitoa e aprova por unanimidade expulsão de Roberto Rocha”

  1. Washington Luís disse:

    Uma decisão acertada esse traídor não é só pra ser expulso no Partido do psb é pra ser expulso tar vida política do Maranhão ele só pensa no projeto pessoal dele esse ingrado só se elegeu graça ao Flávio Dino ele não tem voto nenhum nunca iar se eleger a senador se Flávio Dino não pedisse voto pra esse traidor parasita

    1. Carlos disse:

      Ele só foi o deputado mais votado quando Flavinho conseguiu ser o 4° em 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina