8 de novembro de 2018

Redação: (98) 98205-4499

08/11/2018 -

Jorge Vieira -

Comente

Com prestígio em baixa, José Sarney tenta se encostar em Bolsonaro

O cacique maranhense José Sarney (MDB), pelo visto vai ter que colocar o pijama, pois não tem mais seu nome lembrando nem quando participa de solenidades especiais, como foi a sessão solene do Congresso em homenagem aos 30 anos da promulgação da Constituição do Brasil, com a presença do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Doido para se encostar no novo chefe da Nação, a exemplo do que fez com todos os ex-presidentes para continuar usufruindo as benesses do poder, desta vez parece que será finalmente colocado de escanteio. Após a continência, Bolsonaro simplesmente o ignorou.

Segundo informa a coluna Esplanada, do jornalista Leandro Mazzini, ao fazer uso da palavra, o presidente eleito sequer citou os nomes de Sarney e Eunício Oliveira, ao cumprimentar os integrantes da Mesa condutora dos trabalhos.

Conforme observou o colunista, o capitão reformado do Exército, que chegou a bater continência para Sarney, olhou para os dois, pensou e soltou apenas um “autoridades presentes”.

Sarney engoliu seco, mas teria demonstração chateação por não ter seu nome citado pelo novo presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina