5 de setembro de 2011

Redação: (98) 98205-4499

05/09/2011 -

Jorge Vieira -

Comente

Assembleia forma comissão de “puxas” para tratar dos 400 anos da fundação São Luís

Postei aqui sábado passado que a Assembleia Legislativa mostrava indiferença com o aniversário da cidade, o que teria levado o deputado Bira do Pindaré a apresentar um requerimento solicitando a formação de uma comissão de deputados para acompanhar a elaboração da programação e oferecer sugestões às festividades.
Para minha surpresa, acredito que do plenário também, o presidente Arnaldo Melo (PMDB) anuncia que criou uma comissão de “notáveis” para apresentar propostas de homenagens aos 400 anos da fundação da São Luís, mas basta dar uma olhada para ver  que o time escalado pelo comandante do Poder Legislativo não passa da velha “turma do puxa”, que hoje esquenta o banco de reserva da oligarquia Sarney.
Com exceção do ex-desembargador Milson Coutinho, homem culto e de reconhecida capacidade intelectual, os demais se criaram à sombra da oligarquia, sendo contumazes bajuladores do poder, que em nada contribuíram ou contribuem com a cultura do povo do Maranhão.
Ex-prefeito Haroldo Tavares? Lembram do escândalo da cooperativa de pescadores que lesou o Banco do Estado do Maranhão em milhões anos atrás? É ele mesmo, o home que vendeu os barcos de fibra de vidro superfaturados para o projeto que naufragou na corrupção, mas fez a felicidade do estaleiro Ital, de propriedade de Tavares.
A comissão formada por Arnaldo Melo é tão esdrúxula que alguns dos “notáveis” simplesmente ninguém sabe o que fez o ou que faz.  Para complicar ainda mais, não tiveram a sensibilidade de oferecer uma única vaga ao parlamentar que apresentou o requerimento solicitando a formação de uma comissão de deputados para acompanhar a oferecer sugestões às festividades.         

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina