Arquivamento de processo contra Flávio Dino é mais um duro golpe na oligarquia – Jorge Vieira

2 de setembro de 2017

Redação: (98) 98205-4499

02/09/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Arquivamento de processo contra Flávio Dino é mais um duro golpe na oligarquia

Derrotados no tapetão, Roseana e José Sarney, se quiserem voltar, terão que enfrentar Flávio Dino nas urnas

Tão logo um delator citou o nome do governador Flávio Dino como suposto beneficiário de doação da empreiteira Odebrecht, em caixa dois, para a sua campanha eleitoral, a oligarquia fez festa, mobilizou toda a sua mídia para tentar nivelar o governador do Maranhão à ex-governadora Roseana e os parceiros que a antecederam no Palácio dos Leões, na vã esperança de confundir a população e passar a mensagem de que todos os políticos são iguais a eles.

O plano original da oligarquia de aproveitar a declaração de um diretor marginal da empreiteira para tentar tornar inelegível o governador, caiu por terra quando o procurador geral da República, Rodrigo Janot, sem encontrar qualquer resquício de envolvimento de Dino com a Odebrecht, recomendou ao Superior de Tribunal de Justiça o arquivamento da citação do nome do governador. E o STJ arquivou o processo.

Toda a campanha na mídia impressa, escrito, falada, televisada e redes sociais patrocinadas pelo grupo Sarney já dava a condenação de Dino com favas contadas, a exemplo do que alardeavam quando armaram o golpe do Tribunal Superior Eleitoral para cassar o mandato do governador Jackson Lago, em 2009. Só que desta vez o tiro saiu pela culatra, Flávio Dino ficou ainda mais fortalecido do desmascaramento do factoide.

Ficou provado que tudo não passou de uma mentira contada por quem quer se livrar da cadeia a qualquer custo e que nem todos os políticos maranhenses são iguais. O grupo que foi apeado do poder se notabilizou pelos escândalos de corrupção (Lunus, Usimar, Kao-I, Projeto Salagô, Refinaria Premium, precatórios, mala de dinheiro entregue em hotel, entre tantos outros), enquanto a gestão atual tem se preocupado unicamente em fazer as mudanças que o Maranhão tanto precisa em áreas essenciais que viviam relegadas ao esquecimento pelos governos da oligarquia.

E isso tem incomodado muito quem esteve tanto tempo no comando do Estado e nada fez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar

Nossa pagina