25 de outubro de 2017

Redação: (98) 98205-4499

25/10/2017 -

Jorge Vieira -

Comente

Acusado de ser chefe de Orcrim, Ricardo Murad quer foro privilegiado

A blogosfera que torce pelo retorno da oligarquia Sarney e seus métodos nada republicanos de tratar com dinheiro público, ficou alvoraçada com a mensagem do ex-gerentão da Saúde do Maranhão, Ricardo Murad, anunciando retorno à arena política, mas sem citar qual cargo pretende disputar.

Como Roseana já comunicou nos bastidores que só entra na disputa se o cavalo selado passar em sua porta, o que significa dizer que não vai lugar nenhum, escribas que se esbaldaram nos tempos da oligarquia logo trataram de anunciar precocemente sua candidatura ao governo em 2018, mesmo sem ele dizer nada sobre o que pretende disputar na próxima eleição.

Se até outubro de 2018 Ricardo Murad, que é investigado pela Polícia Federal sob a acusação de ter desviado mais de R$ 1 bilhão da Saúde pública do Maranhão, ainda estiver solto, tudo indica que será candidato apenas a um mandato de deputado federal ou estadual, o caminho mais fácil para conseguir um foro privilegiado.

Como Ricardo Murad, mais sujo que pau de galinheiro, quer mesmo é de se proteger, uma candidatura ao governo sem a menor perspectiva e condenada ao fracasso, em nada lhe ajudaria a correr da algema que a Polícia Federal já tentou colocar nele, mas a juiz Roberto Velo “amarelou” e concedeu apenas a condução coercitiva.

Ricardo, que em nenhum momento diz que será candidato ao governo, está se preparando é para sacrificar o genro Sousa Neto, pois segundo comentam nos bastidores, pretende fazer dobradinha com a filha Andréa Murad, candidata a reeleição de deputada estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Timbira Ao Vivo

Buscar

Nossa pagina